Cotado para o cargo há um ano, Tite se nega a falar sobre seleção brasileira

Foto: Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians

Há um ano, Tite estava sem emprego e na expectativa de ser contratado para substituir Luis Felipe Scolari no comando da seleção brasileira. Hoje, a equipe verde e amarela é assunto quase proibido para o treinador.

Em entrevista coletiva nesta quarta-feira, Tite não quis comentar a situação de Dunga no comando da seleção e um eventual convite com um ano de atraso.

“Estou muito feliz no Corinthians, com meu trabalho, e acredito que todo trabalho deve ter início, meio e fim. Construa os trabalhos, direciona no que deve ser feito e procura as correções nas diversas áreas. Em relação a todos os profissionais. Digo isso como ideia de futebol. Senão não vai construir trabalho nenhum”, declarou Tite.

Ao ser questionado se Elias não jogou no seu melhor posicionamento durante a campanha na Copa América, Tite usou o bom humor.

“Estou fora. Já tenho muita coisa para me preocupar aqui para ficar falando dos outros”, disse.

Crédito da foto: Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians



Editor senior do Torcedores.com, o jornalista formou-se na Universidade Metodista em 2009 e passou pelas redações do Diário do Grande ABC, Agora SP, UOL e Fox Sports, onde fez a cobertura da Copa do Mundo de 2014. Está no Torcedores desde outubro de 2014.