Cris: o último símbolo da época de glórias do Lyon

Robinho - Denis Doyle/Getty Images

O torcedor do Corinthians e do Cruzeiro se lembram bem do zagueiro Cris, que também vestiu as camisas de Grêmio e Vasco no futebol brasileiro. Embora tenha sido titular dos clubes, Cris foi ídolo mesmo no Lyon, da França.

Cris foi revelado pelo Corinthians, onde começou no time profissional em 1995. Quatro anos depois, ele foi trocado com o zagueiro João Carlos e foi para o Cruzeiro, onde ficou até 2004. De lá, foi para a Europa, depois de uma rápida passagem pelo Bayer Leverkusen em 2003, Cris chegou ao Lyon em 2004. E começou a fazer história.

Ele ficou no clube francês até 2012. E participou das campanhas vitoriosas do Campeonato Francês em 2004/2005, 2005/2006, 2006/2007 e 2007/2008, da Supercopa da França em 2005 e 2012 e da Copa da França em 2008 e 2012.

Em 2012, Cris foi para o Galatarasay, da Turquia. Ele foi o último jogador da geração vitoriosa. Juninho Pernambucano, Edmílson e Karim Benzema já haviam deixado o clube antes. Cris, que chegou a ser capitão do Lyon, resistiu até 2012.

Depois de um ano no futebol turco, Cris retornou ao futebol brasileiro. Jogou no Grêmio e no Vasco em 2013. Atualmente, está sem clube.

Crédito da foto: Getty Images



Jornalista, editor do Torcedores.com. Passagens pelos jornais Metro, O Estado de S. Paulo, Jornal da Tarde, Marca Brasil, Agora São Paulo, Diário de S. Paulo e Diário do Grande ABC.