De Djalma Santos a Cafu: Relembre grandes laterais-direitos da seleção brasileira

A seleção brasileira pode se vangloriar de ter diversos grandes jogadores na lateral direita. De Djalma Santos a Cafu, os responsáveis por marcar e atacar pelo lado direito do campo se destacaram.

LEIA MAIS
Leão, Gylmar e Félix: Relembre grandes goleiros que defenderam a seleção brasileira
Zito, Dudu, Falcão, Dunga: Relembre os principais volantes da história da seleção brasileira

Tudo começou com Djalma Santos. Criado na Portuguesa, o jogador fez parte dos grandes times que conquistam a Copa do Mundo de 1958 e 62. Depois, foi a vez de Carlos Alberto Torres, capitão do Tri.

A seca de títulos mundiais impediu que grandes jogadores como Leandro e Nelinho marcassem a carreira com a conquista. Jorginho foi o lateral do time que acabou com o jejum. Depois, Cafu assumiu e defendeu a seleção em três finais de Copa, um recorde.

Desde 2002, a seleção não levanta a taça, mas nem por isso deixou de revelar bons atletas, como Daniel Alves e Maicon.

Confira o especial produzido pelos colaboradores Luiza Vaz, Felipe Lemos, Flávio Desouza, Guilherme Almeida, Thiago Jacintho, Glauco Costa, Rafael Alaby e Matheus Fontes.

Djalma Santos: paixão de um Cristo Negro a serviço da amarelinha!
Capitão do Tri, Carlos Alberto Torres foi genial e autor de gol histórico
Leandro, o maior lateral-direito da história do Flamengo
Dono de um chute potente, Nelinho marcou passagem no Cruzeiro e na seleção brasileira
Cafu: O único jogador da história a entrar em campo em 3 finais de Copa do Mundo
Daniel Alves: perseverante, paciente e merecedor de todo o respeito na seleção
Jorginho: do Flamengo para campeão do mundo em 1994 com a seleção
Maicon ganhou espaço na seleção com força física e talento



Editor senior do Torcedores.com, o jornalista formou-se na Universidade Metodista em 2009 e passou pelas redações do Diário do Grande ABC, Agora SP, UOL e Fox Sports, onde fez a cobertura da Copa do Mundo de 2014. Está no Torcedores desde outubro de 2014.