Enquete: Flamengo enganou a torcida sobre a situação de Guerrero?

Getty Images

Vivendo um sofrimento nesse começo de Brasileiro com a ameaça do Z-4, o Flamengo não vê a hora de Paolo Guerrero desembarcar na Gávea. A diretoria já planeja a estreia do seu camisa 9 contra o Internacional na próxima quarta-feira, porém dificilmente a nação rubro-negra poderá ver o peruano na partida contra o Corinthians quatro dias depois por um acordo firmado entre o presidente Eduardo Bandeira de Mello e o mandatário do Timão, Roberto Andrade.

LEIA TAMBÉM:
Flamengo trabalha para Guerrero fazer sua estreia contra o Internacional
Presidente do Flamengo não descarta acordo para ter Guerrero contra o Corinthians
Irônico, Cristovão desdenha sobre demissão no Flamengo: “Gosto de carinho”
Sheik dedica vitória a Cristóvão e afirma que Flamengo confia em seu trabalho

A condição imposta pelo cartola do Corinthians e aceita por Bandeira de Mello só foi revelada publicamente na última semana. Entende-se que o presidente do Flamengo tenha concordado por receio de que propostas do exterior levassem Guerrero após a Copa América. Em grave crise financeira, Andrade concordou em liberar o jogador gratuitamente antes do fim do vínculo, mas foi inteligente. Se via como impossível a chance de manter uma de suas maiores estrelas, ao menos criou um problemão para os futuros “patrões” do peruano.

O Torcedores.com quer saber: você acredita que a diretoria do Flamengo enganou a nação nesse caso envolvendo a (não) participação de Guerrero contra o Corinthians?

Curtiu a matéria? Siga o autor no Twitter: @fontes_matheus.
Facebook: Matheus Martins Fontes.

Fotos: Getty Images e Gilvan de Souza/Flamengo



Esportista de hobby, mas jornalista de profissão. Trabalhou como repórter do O Estado de S. Paulo, Revista TÊNIS. Tênis Virtual e CurtaTÊNIS em coberturas nacionais e internacionais de grandes eventos.