Erazo destaca força do Fluminense e pede respeito a Ronaldinho: “precisamos ficar ligados”

Divulgaço/Grêmio

Titular da defesa do Grêmio desde a saída de Rhodolfo para o Besiktas, o zagueiro Erazo falou das dificuldades que a equipe terá no próximo sábado, contra o Fluminense, um concorrente direito por um lugar no G-4. O equatoriano pede respeito a Ronaldinho Gaúcho, que provavelmente fará a sua estreia contra a equipe que o projetou para o futebol mundial.

LEIA MAIS:
Sequência de jogos difíceis será a prova de fogo para o Grêmio no Brasileirão

“Vai ser um jogo muito disputado. O Fluminense é um rival direto na briga pelo G-4, vai ser pegado. Sabemos o que tem que fazer, estamos focados na parte física até hoje (terça), mas amanhã o Roger vai começar a pensar no jogo. Para nós, cada jogo é uma decisão. E mais ainda com um time das características do Fluminense, que está brigando pelo G-4. Cada jogo é uma decisão”, disse durante entrevista coletiva.

Além de falar das qualidades de Ronaldinho Gaúcho, o novo titular destacou a importância do atacante Fred.

“Fred é um dos jogadores mais importantes que tem o Fluminense, pela história que ele tem. É daqueles centroavantes que daqui a pouco faz três gols e o time dele ganhou. Não podemos deixar espaço pra ele, temos que fazer uma marcação bem feita. Todos os jogadores do Fluminense procuram o Fred, procuram aqueles cruzamentos para ele na área. Temos que estar ligados toda a hora no jogo para que ele não tenha espaço. Com todo o respeito pelo Ronaldinho e pelo que ele significa para o futebol mundial, só pensamos no nosso jogo. O Fluminense tem história, vai ser um rival difícil. Se conseguirmos três pontos, temos chance de brigar pelo G-4. Só pensamos nisso. O que acontece dentro de campo, só depende de nós”, completou.

O jovem zagueiro Rafael Thyere, que estará no banco de reservas, tirou o foco da possível estreia de Ronaldinho e alertou para a força de todo o time do Fluminense.

“O Fluminense tem história, vai ser um rival difícil. Se conseguirmos três pontos, temos chance de brigar pelo G-4. Só pensamos nisso. O que acontece dentro de campo, só depende de nós. É uma equipe muito perigosa, mas vamos tentar a vitória”, explicou.

Caso vença os cariocas no próximo sábado, o Tricolor, sexto colocado, pode retornar ao G-4 desde que Sport e Palmeiras não vençam seus jogos.

Foto: Divulgação/Grêmio FBPA



Rafael Alaby é jornalista diplomado pela FIAM (Faculdades Integradas Alcântara Machado), com passagens pela Chefia de Reportagem de Esportes, da TV Bandeirantes, em São Paulo e site KiGOL. Pós-graduado em Jornalismo Esportivo e Negócios do Esporte (FMU)