Especial: Como o futebol do interior está indo à falência

Quando times tradicionais que marcaram a história dos grandes clubes, dos torcedores que gostam do futebol nacional, e das cidades às quais pertencem, começam a morrer aos poucos até chegar ao fundo do poço, parte do futebol brasileiro morre também ao mesmo tempo.

A alegria das torcidas que se sentem um pouco “donas” dos times de suas cidades tem acabado nos últimos anos graças a um fenômeno de concentração financeira e midiática sobre os 12 clubes chamados grandes do futebol brasileiro.

O resultado disso é a queda cada vez maior de times como Guarani, Noroeste, que hoje se veem “substituídos” por projetos de empresas, como o Red Bull Brasil e o Grêmio Audax Osasco.

O Torcedores.com conta agora a história de alguns dos clubes que mais sofrem com um passado recente de fracassos e quedas. Confira no índice abaixo:

Marília já venceu os quatro grandes de São Paulo
Sensação do Paulistão em 2006, Noroeste hoje disputa a quarta divisão do estadual
Portuguesa Santista: Da Fita Azul de 59 à Segunda Divisão em 2015
Em 11 anos, Santo André vai de campeão da Copa do Brasil à inatividade no 2º semestre de 2015
Inter de Limeira: de equipe tradicional ao interior



Editor do Torcedores.com, está no site desde julho de 2014. Repórter e apresentador da TV Torcedores. Formado pela Universidade Metodista de São Paulo, já passou por UOL, Editora Abril e Rede Record. Participou da cobertura da Copa do Mundo de 2014, de dois Pans, dos Jogos Olímpicos de Londres 2012 e do Rio 2016.