“Eu convocaria até o Rogério Ceni para a seleção hoje”, defende Amaral

Rogério Ceni
Getty Images

O ex-volante de Palmeiras, Vasco e Corinthians, entre outros, Amaral, famoso pelo jeito descontraído de ser, defendeu a convocação de Rogério Ceni, Kaká e Luis Fabiano para a seleção brasileira e disse que eles poderiam ter ajudado o Brasil a ir mais longe na Copa América.

LEIA MAIS:
Amaral chora ao salvar Capivariano do rebaixamento no Paulistão
“Foi a mais medíocre participação da seleção brasileira na Copa América”, diz Galvão Bueno

“Eu convocaria até o Rogério Ceni para a seleção hoje. Convocaria o Kaká, o Luis Fabiano. Quando você faz um grupo, você não pode cobrar resultado (imediato)”, defendeu o jogador, durante participação no Boa Noite, Fox, desta quinta-feira (2). De acordo com ele, a própria imprensa tem responsabilidade na pressão exagerada que muitos jogadores da seleção são acometidos, muitas vezes, sem necessidade, já que boa parte deles é bastante jovem.

“Nós mesmos, da imprensa, às vezes a gente cobra muito esses jogadores. Oscar, Willian, até o Neymar. O lateral-direito, por exemplo, era o Danilo, que se machucou. O reserva dele era muito jovem e acabaram convocando o Daniel Alves, que foi o titular”, comentou, se incluindo como um membro da crônica esportiva.

Amaral ressaltou, contudo, que o principal é não ter como parâmetro uma competição de curta duração, como a Copa América, para avaliar a montagem de um grupo que vai defender a seleção. Na opinião do ex-jogador, é necessário mais tempo para fazer uma avaliação justa do trabalho de Dunga.

Foto: Getty Images



Tudo o que preciso é um papel e uma caneta. Apaixonado por esportes desde 1900 e bolinha: de futebol, basquete, tênis, rugby...