Exclusivo: Zagueiro brasileiro Xandão cita racismo e falta de punição na Rússia

Inter
Foto: Reprodução/Facebook

O zagueiro brasileiro Xandão, ex-São Paulo e Sporting, é jogador do Kuban Krasnodar desde 2013 e vive diariamente a preparação da Rússia para a Copa do Mundo de 2018. Mas enquanto visa o Mundial, o futebol russo sofre com casos de racismo no esporte.

LEIA MAIS
Hulk alega sofrer racismo ‘quase todos os jogos’ na Rússia
Balotelli na pechincha? Clube italiano quer jogador com desconto
Cristiano Ronaldo “rouba” mascotes de companheiros de time na China

Recentemente, o meia ganês Emmanuel Frimpong foi alvo de insultos racistas durante o jogo do Campeonato Russo e acabou expulso depois de reclamar com o árbitro.

Xandão revelou já ter presenciado diversos casos de racismo nos estádios onde atuou pelo Kuban, inclusive com jogadores do próprio clube, e relatou que nada aconteceu, não houve nenhuma punição.

Sobre a Copa do Mundo, o zagueiro revelou que os investimentos diminuiu, mas que a população apoia a realização do torneio daqui três anos. Para ele, o racismo não será um problema no Mundial.

Confira no vídeo acima a entrevista exclusiva de Xandão ao Torcedores.com.

Reprodução/Facebook
Reprodução/Facebook


Editor senior do Torcedores.com, o jornalista formou-se na Universidade Metodista em 2009 e passou pelas redações do Diário do Grande ABC, Agora SP, UOL e Fox Sports, onde fez a cobertura da Copa do Mundo de 2014. Está no Torcedores desde outubro de 2014.