Fifa divulga concorrentes ao prêmio de craque jovem da Copa do Mundo Feminina

A norueguesa Ada Hegerberg, a canadense Kadeisha Buchanan e a chinesa Tang Jiali foram as três finalistas do prêmio de melhor jogadora jovem da Copa, mas apenas uma levará o título (FOTO:FIFA)

Foi divulgado hoje a lista das 3 jogadoras que concorrem a craque jovem da Copa do Mundo Feminina. Nenhuma brasileira ficou entre as selecionadas.

Por: Bruno Bezerra
bruno@planetafutebolfeminino.com.br

A FIFA divulgou hoje as três candidatas ao prêmio de melhor jogadora jovem da Copa do Mundo desse ano. As três escolhidas são de seleções que já foram eliminadas do mundial, mas que se destacaram por suas seleções ao decorrer da competição.

O prêmio que em 2011 ficou com a australiana Caitlin Foord, será novamente dado a melhor jogadora jovem dessa Copa do Mundo.

Nada menos do que 54 jovens talentos começaram na corrida para este prêmio, que será entregue pelo Grupo de Estudos Técnicos da FIFA (TSG), para a jogadora nascida depois de 1 de janeiro de 1995 e que mais impressionou durante o torneio.

Conheçam um pouco sobre as três finalistas do prêmio.

Ada Hegerberg(Noruega) – A atacante do Olympique de Lyon veio como uma das principais jogadoras de sua seleção para esse mundial, após o corte da meia Caroline Hansen, do Wolfsburg. Ada mesmo tendo marcado apenas 3 gols (1 contra a Tailândia e 2 contra a Costa do Marfim) e sendo eliminada nas oitavas de final para a Noruega, se mostrou uma jogadora eficiente na sua função de centroavante, não só com gols, mas com uma ótima presença física na área e também com passes para as companheiras de ataque. Na próxima temporada, tem tudo para se destacar mais ainda no Lyon.

Kadeisha Buchanan(Canadá)-  A jovem zagueira canadense foi um dos destaques da campanha das anfitriãs, que foram eliminadas apenas pela seleção da Inglaterra nas quartas de final. Segura, com excelente qualidade no desarme e na marcação, se mostrou uma das gratas promessas para o futebol canadense para os próximos anos e muito provavelmente, veremos ela nas principais ligas do mundo daqui a pouco tempo.

Tang Jiali(China) – A meio campista do Shanghai Vinpac não atuou na primeira partida da China na Copa, quando foram derrotadas pelo Canadá, mas entrou muito bem no segundo jogo na vitória diante da seleção da Holanda e não sairia mais do time titular. Meia armadora, com excelente qualidade no passe e na criação de jogadas, a jovem meio campista tem como referência ninguém menos que a brasileira Marta, a qual ela assistiu no mundial de 2007 na China, quando ainda era criança. Sem dúvidas é uma das jogadoras do elenco chinês que saiu mais valorizada após esse mundial.

Uma das jogadoras brasileiras que poderiam estar nessa lista seria a meio campista Andressinha. A jogadora foi um dos poucos destaques da campanha a quem das expectativas do Brasil nesse mundial e que estava na lista das 54 jogadoras jovens a serem observadas nessa Copa do Mundo.

A craque jovem do mundial será divulgada no dia 5, após a final entre Estados Unidos e Japão.



Planeta Futebol Feminino - Informação, jornalismo e muita paixão. É disso que somos feitos!