Guerrero é regularizado e já pode estrear pelo Flamengo

Reprodução da internet

Novo camisa 9 do Flamengo se despede da Copa América nesta sexta-feira, quando o Peru enfrenta a seleção paraguaia, do também rubro-negro Victor Cáceres. O jogo vale pela disputa do terceiro lugar na competição. Guerrero já está apto para estrear com a camisa rubro-negra, mas o primeiro jogo do atacante deve ocorrer longe do Rio de Janeiro. 

LEIA TAMBÉM:
Cristóvão aprova estreia de Ayrton no Flamengo

A maior contratação do Flamengo na temporada já pode jogar com o manto rubro-negro. O nome de Guerrero apareceu no Boletim Informativo Diários (BID) da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) na manhã desta sexta-feira. A estréia do novo camisa 9 deve ocorrer na próxima quarta-feira, contra o Internacional, no Beira-Rio.

Paolo Guerrero poderia até estrear neste domingo, quando o Flamengo recebe o Figueirense no Maracanã, mas o jogo da seleção peruana, que disputa do terceiro lugar da Copa América nesta sexta-feira, complica os planos do Fla. O atacante deve ganhar folga no final de semana e ser oficialmente apresentado pelo Flamengo na próxima segunda-feira.

Se não tiver nenhum problema físico e caso seja a opção do técnico Cristóvão Borges, Guerrero deve ter sua estreia confirmada para a partida diante do Internacional, mesmo fora do Rio de Janeiro. A situação do Flamengo na tabela impede o planejamento de uma estreia no Maracanã.

Por mais que não tenha ocorrido uma apresentação oficial de Guerrero no Flamengo, o atacante peruano já vestiu o manto sagrado. Uma comitiva com dirigentes e Sócio torcedores do Fla viajaram para o Chile no último dia 17. No hotel da concentração peruana na Copa América, Guerrero recebeu a camisa 9 rubro-negra e falou pela primeira vez como jogador do Flamengo.

Ainda é incerto quando o atacante peruano irá jogar pela primeira vez com as cores rubro-negras no Maracanã. O próximo jogo do Flamengo no estádio é justamente contra o ex-clube de Guerrero, o Corinthians, no dia 12 de julho. Existe um acordo de cavalheiros feito entre os presidentes dos clubes, Eduardo Bandeira de Mello e Roberto de Andrade, para que o novo camisa 9 da Gávea não entre em campo nesta data. O Flamengo ainda tenta amigavelmente convencer o Corinthians que deve escalar o atacante.

Curtiu essa matéria? Siga o autor no Twitter: @allanmadi.