Há 14 anos, o Corinthians não vence o Goiás no Serra Dourada; relembre o último triunfo

Foto: Reprpdução/Youtube

Diante do Goiás, neste domingo, às 16h, no Serra Dourada, o Corinthians lutará contra um incômodo tabu. Não vence o adversário no estádio estadual desde a edição do Campeonato Brasileiro de 2001. Desde então se passaram nove jogos (um deles pelas oitavas de final da Copa do Brasil de 2008), com três vitórias esmeraldinas e seis empates.

LEIA MAIS:
Opinião: Vagner Love, enfim, começa a se encaixar no Corinthians, mas ainda tem muito a evoluir

O último triunfo alvinegro ocorreu em partida válida pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro de 2001. A equipe comandada por Vanderlei Luxemburgo venceu por 3 a 2. Com 15 minutos de jogo, o volante Dubinha abriu o placar para os anfitriões com um belo gol de falta. Ainda no primeiro tempo, o atacante Araújo, de pênalti, ampliou para 2 a 0.

A reação corintiana teve início aos 14 minutos do segundo tempo. Ricardinho, de pênalti, diminuiu o marcador. O gol de empate aos 28 minutos foi chorado. Kléber levantou na área, Deivid cabeceou, a bola desviou em Harlei e bateu na trave. Na sobra, o centroavante empurrou para a rede. A grande virada saiu aos 36 minutos. Em novo cruzamento preciso de Kléber, Ricardinho testou de cabeça para o gol.

O Corinthians terminou o Brasileirão de 2001 na modesta 18ª colocação, com 34 pontos ganhos. Já o Goiás teve uma campanha melhor – 10º, com 39 pontos ganhos. 28 equipes participaram daquela edição.

*** Curiosidade: Pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro de 2014, o Goiás mandou o jogo no estádio Mangueirão, em Belém-PA, e se deu mal com derrota por 1 a 0 – gol contra do zagueiro Felipe Macedo.

Relembre os gols de Goiás 2 x 3 Corinthians

FICHA TÉCNICA: GOIÁS 2 X 3 CORINTHIANS

Data: 16 de setembro de 2001 (domingo)

Horário: 16h

Local: Estádio Serra Dourada, em Goiânia-GO

Árbitro: Héber Roberto Lopes-PR

Cartão vermelho: Marcelo Magalhães (Corinthians)

Gols: GOIÁS: Dubinha aos 15; Araújo aos 32 minutos do primeiro tempo. CORINTHIANS: Deivid aos 28 do segundo  e Ricardinho aos 14 e 36 minutos do segundo tempo;

GOIÁS: Harlei; Maurício, Milton do Ó, Índio Alagoano e Rodrigo Queiroz; Dubinha,Túlio, Marabá e Danilo (Bilu); Itamar (Gauchinho) e Araújo. Técnico: Lori Sandri

CORINTHIANS: Doni; Ângelo (Renato), Batata, Marcelo Magalhães e Kléber; Rogério, Fabinho, Otacílio e Ricardinho (Rodrigo Pontes); Luciano Ratinho (Leandro) e Deivid. Técnico: Vanderlei Luxemburgo

Foto: Reprpdução/Youtube



Rafael Alaby é jornalista diplomado pela FIAM (Faculdades Integradas Alcântara Machado), com passagens pela Chefia de Reportagem de Esportes, da TV Bandeirantes, em São Paulo e site KiGOL. Pós-graduado em Jornalismo Esportivo e Negócios do Esporte (FMU)