Hamilton destaca desempenho bom, mas “não perfeito” da Mercedes em Silverstone

Segundo melhor do dia, mas o quarto mais rápido na segunda sessão de treinos livres para o Grande Prêmio da Inglaterra de Fórmula 1, Lewis Hamilton disse que sua sexta-feira (3) em Silverstone foi boa. O líder do campeonato, que obteve em sua volta mais veloz o tempo de 1min34s344, destacou alguns pontos em que precisa melhorar e destacou alguma preocupação com a Ferrari.

LEIA MAIS:
Especial: saiba tudo sobre o GP da Inglaterra de Fórmula 1
Rosberg lidera mais um treino e domina sexta-feira em Silverstone
Carro quebra, mas Rosberg supera Hamilton no TL1 em Silverstone

“De modo geral, hoje foi um bom dia. Não perfeito – e nós teremos algum trabalho para fazer na madrugada – mas o ritmo e decente. Não tive o balanço ideal nos long runs e tive um pouco de trabalho para fazer o acerto do carro. Mas por outro lado isso tudo é bom”, comentou o atual campeão do mundo.

Hamilton também lembrou que a Ferrari apareceu bem durante o dia, tanto com Kimi Räikkönen quanto com Sebastian Vettel. O piloto da Mercedes acredita que será necessário sua equipe melhorar ainda mais o desempenho do carro, caso contrário, poderá ter problemas com a concorrência da equipe italiana.

Senti os pneus fortes – não é preciso muito tempo para aquecê-los, o que é positivo. Também voltei atrás na configuração de embreagem, e a sinto bem agora. Dito isso, mais uma vez a Ferrari está muito forte aqui e eles estiveram ali conosco hoje, então essa deverá ser uma boa batalha. Buscaremos um pouco mais amanhã, caso contrário nós poderemos entrar em apuros”, completou Hamilton.

O Grande Prêmio da Inglaterra de Fórmula 1 será disputado neste domingo (5), a partir das 9h, pelo horário de Brasília. A corrida será exibida pela TV Globo.

Foto: Mercedes



Jornalista com passagens pelas revistas Racing e House Mag.