Kam Chancellor é mais um a pedir aumento nos Seahawks

Crédito da imagem: Getty Images

A “Legion Of Boom” do Seattle Seahawks parece entrar em crise nessa temporada. Primeiro, o CB Byron Maxwell acertou sua transferência para o Philadelphia Eagles. Earl Thomas, Safety da equipe, recupera-se de lesão. E dessa vez, Kam Chancellor, também Safety, quer um aumento e ameaça não participar do training camp do time, que começa quinta-feira.

Chancellor assinou em 2013 um contrato de 4 anos por 28 milhões de dólares, e nesse terceiro ano de contrato, pretende receber mais do que os 4,55 milhões que estão previstos para esta temporada. E segundo o repórter Ian Rapoport, da NFL Network, outro jogador também está insatifeito com o salário e quer um reajuste: Michael Bennett, DE do time de Seattle.

Ambos trarão ainda mais dificuldade aos Seahawks, que já estão trabalhando na renovação de Russell Okung, Bobby Wagner e do Quarterback Russell Wilson – o último ganhava salários de reserva nos últimos dois anos, em que levou o time para dois Super Bowl. A valorização foi natural consequência.

Com tantos entraves, o título de melhor defesa liga vai ficando ameaçado para o Seattle Seahawks, e a renovação desses jogadores se torna primordial para que a equipe faça novamente uma boa temporada. O training camp será a primeira final que o time encarará, tão precocemente, nesse ano.

Crédito da foto: Getty Images.



Estudante de Jornalismo na Universidade São Judas Tadeu. Amante do futebol, apaixonado por futebol americano e interessado pela antropologia esportiva.