Lágrimas do futebol: o dia em que São Marcos me fez chorar…de alegria!

Reprodução

Todo palmeirense que se preze deve se recordar da decisão por pênaltis da semifinal da Libertadores de 2000 contra o Corinthians. Após perder o primeiro jogo por 4 a 3 no Morumbi, o time de Luiz Felipe Scolari retornou ao mesmo palco e deu o troco com o placar de 3 a 2, levando a disputa para as penalidades. A defesa de Marcos na cobrança de Marcelinho Carioca foi, até hoje, uma das maiores alegrias que eu já tive na minha vida como torcedor. Julguem: vibrei até mais do que a conquista da Libertadores de um ano antes, confesso.

Os motivos para esse triunfo ser tão gostoso remontam desde as gracinhas dos colegas corintianos na escola até o fato de aquele Corinthians ter sido um dos melhores elencos de todos os tempos, com Dida, Marcelinho, Ricardinho, Edilson e Luizão. Na semana antes do jogo, quem não se lembra do Felipão comendo o r…. de todos no treino fechado e que teve o áudio vazado?

Por tudo isso, resolvi deixar meu relato em forma de vídeo. Espero que gostem e possam entender um pouquinho da emoção que passei naquele 6 de junho de 2000.

VEJA OUTRAS HISTÓRIAS DO ESPECIAL “LÁGRIMAS DA BOLA”:

CONVIDADO ESPECIAL – MAURO BETING: “CHORANDO NO CAMPO

Alex Tavares Lágrimas do futebol: o dia em que o São Paulo foi tricampeão da Libertadores
Allan Simon Lágrimas do futebol: o dia em que o Palmeiras de Valdivia quase me fez chorar
Barbara Scarelli Lágrimas da bola: o dia em que o Corinthians ganhou o mundo e me fez chorar
Daniel Almeida Lágrimas do futebol: o dia em que o São Paulo me fez chorar – Mundial 2005
Danielle Barbosa Lágrimas do futebol: o dia em que o Real Madrid me fez chorar
Derly Prado Júnior Lágrimas do futebol: o dia em que o Palmeiras me fez chorar
Diogo Miranda Lágrimas do futebol: o dia em que Petkovic me fez chorar
Eduardo Suguiyama Lágrimas do futebol: o dia em que o São Paulo me fez chorar – Libertadores 2008
Flávio Moreira Lágrimas da bola: o dia em que um vexame do Palmeiras me fez chorar
Glauco Costa Lágrimas da bola: O dia em que tive a certeza de que o sentimento nunca ia parar
Janaína Santista Lágrimas do futebol: o dia em que o Santos me fez chorar: o HEPTA tão esperado
Junior Soffner Lágrimas do futebol: o dia em que o rebaixamento do Palmeiras me fez chorar
Lucas Tieppo Lágrimas do futebol: o dia em que o Santos de Diego e Robinho me fez chorar
Márcio Donizete Lágrimas do futebol: o dia em que a Copa do Mundo de 1998 me fez chorar
Matheus Adami Lágrimas do futebol: o dia em que o Flamengo me fez chorar
Matheus Martins Fontes Lágrimas do futebol: o dia em que São Marcos me fez chorar…de alegria!
Nagila Luz Lágrimas do futebol: o dia em que o Santos conquistou a América e me fez chorar
Natalia Zancheta Lágrimas do futebol: o dia em que o Corinthians me fez chorar – Mundial de 2012
Rafael Alaby Lágrimas do futebol: o dia em que o Corinthians me fez chorar
Roberto Junior Lágrimas do futebol: o dia em que o Corinthians me fez chorar- Libertadores 2012
Rogério Lagos Lágrimas do futebol: o dia em que o Palmeiras me fez chorar – Mercosul 2000
Ronald Capita Lágrimas do futebol: o dia em que o Flamengo de Guarulhos me fez chorar
Thiago Jacintho Lágrimas da Bola: O dia que o São Paulo levou uma virada e me fez chorar

Curtiu a matéria? Siga o autor no Twitter: @fontes_matheus.
Facebook: Matheus Martins Fontes.

Foto: Reprodução/Youtube



Esportista de hobby, mas jornalista de profissão. Trabalhou como repórter do O Estado de S. Paulo, Revista TÊNIS. Tênis Virtual e CurtaTÊNIS em coberturas nacionais e internacionais de grandes eventos.