Marcelo Oliveira celebra momento bom e evolução do Palmeiras no campeonato

Com a chegada do técnico Marcelo Oliveira, o Palmeiras cresceu consideravelmente no Campeonato Brasileiro. Quando assumiu a equipe, o time sofria com uma campanha pífia frente ao investimento feito pela diretoria no começo da temporada.

“As perspectivas são boas. Quando cheguei, vi que tínhamos um grupo de jogadores com qualidade semelhante e que precisávamos formar um time. O time está sendo formado, e no último jogo eu fiquei satisfeito com o equilíbrio entre a defesa e o ataque. Nós roubamos mais bolas, finalizamos certo e viramos mais o jogo. É um processo de crescimento. A base do Oswaldo foi importante, mas agora estamos caminhando para montar um time da forma que eu gosto, que é uma equipe agressiva, criando muito e recompondo rápido”, disse.

Marcelo acredita que o seu esquema de jogo ajuda muito a aproximação dele e de sua comissão técnica com o elenco de jogadores. ” Eu já fui jogador, passei por tudo isso que eles estão passando, concentrações, jogos importantes, campeonatos em que precisávamos nos recuperar, campeonatos em que estávamos à frente… Eu trato jogador como eu gostava de ser tratado quando eu jogava. Respeito a pessoa e o profissional, e cobro muito para trabalhar intensamente. Trabalharemos sempre de uma forma que imaginamos que o adversário não trabalhou mais, pode ter trabalhado igual, mas mais do que nós não”, falou o treinador.

Sobre o duelo diante do Atlético-PR, o técnico foi cuidadoso.”O Atlético-PR está bem próximo e concorrendo também. É um time bem organizado e montado, e que tem velocidade. Talvez a gente tenha de ter cuidado com isso, mas precisamos agredir e apertar. Temos de tomar a iniciativa e tentar impor o nosso jogo, mas sempre tomando cuidado com o contra-ataque do adversário”, declarou.

Diante do Atlético-PR, domingo, ás 11h, no Allianz Parque, o treinador completa o seu décimo jogo no comando do Verdão. Até o momento, Marcelo coleciona sete vitórias, um empate e uma derrota.

 Foto: Cesar Greco/Ag.Palmeiras

 



Estudante de Jornalismo da Universidade Anhembi Morumbi. Apaixonado por futebol e fã do Bayern de Munique. E um admirador do bom jornalismo.