Mas calma após cirurgia, Thaísa foca em nova fase de tratamento

João Pires/Fotojump

Quem viu a central Thaísa na apresentação do Vôlei Nestlé, na cidade de Osasco, há três semanas atrás, encontrava uma jogadora extremamente preocupada de ter que passar por cirurgias nos dois joelhos. Porém, aquilo que era preocupação virou alívio, pelo menos essa foi a sensação que a jogadora passou na apresentação do novo uniforme do time nesta quinta-feira.

LEIA MAIS

Vôlei Nestlé apresenta novo uniforme e plataforma de marketing

Diretor executivo do Vôlei Nestlé conta sobre o projeto para a equipe durante a temporada 2015/16

Passados 16 dias da cirurgia a central está contente com a evolução. “Estou bem feliz. Evoluí bastante, pois sofri com dores nas semanas anteriores e agora já estou sem. Minha evolução se dá em coisas simples, mas que para mim são enormes”, relata a jogadora. Thaísa fez uma cirugia no tendão patelar dos dois joelhos, sendo que no joelho esquerdo o procedimento foi apenas uma correção óssea.

Para Fernando Fernandes fisioterapeuta do Vôlei Nestlé, a diferença entre os procedimentos não vai interferir na recuperação da jogadora. ” A gente estipula um prazo só, que são os quatro meses, porque não tem como ela recuperar o joelho que teve uma intervenção menor, no caso o esquerdo, para depois recuperar o direito. O período para a recuperação é o mesmo”, explica o profissional.

Com o tempo de recuperação, a ideia é que a central volte as quadras no mês de outubro, quando começa a temporada de clubes. A atleta comemora o fato de não sentir dores nos joelhos as vésperas dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro.

João Pires/Fotojump