McGregor estuda comprar um tigre para auxiliar evolução no UFC

Reprodução/Facebook

Ninguém consegue parar Conor McGregor. O irlandês, campeão interino dos pesos-penas do UFC, afirmou ao canal CNN que está buscando permissão para comprar um tigre. Isso mesmo, um tigre! O motivo? Ajudá-lo no trabalho de movimentação no octógono. Tem mais: o lutador falastrão quer um animal parecido com a tatuagem que tem no abdômen.

LEIA MAIS:
Bethe Correia: “Ou Ronda tem psicológico fraco ou é artista”
Ronda x Bethe: nocaute improvável no UFC 190

“Estou no meio do processo de comprar um desses animais. Acredito que posso fazer isso em Las Vegas. Acho que será um tigre, gosto de um bom tigre. O Mike Tyson tinha um branco, eu gostaria de um laranja e preto, mais tradicional. Para ser sincero, quero conhecer um indivíduo que lide com animais exóticos, entender o que é preciso para ter um deles, e o processo pelo qual é preciso passar para se obter um”, disse McGregor.

“Sou obcecado com movimento em todas as formas, e em assistir a como os animais se movem em seu habitat natural, como caçam suas presas e como se comportam em combate físico. É interessante para mim, sinto que é movimento real. Não é de se estranhar que esses animais são máquinas absolutas quando se movimentam, são feras poderosas. É algo que busco incorporar no meu próprio jogo. Se posso me mover como eles, andar como eles, atacar como eles, não há um ser humano vivo que possa me parar”, completou o lutador.

Após vencer Chad Mendes há algumas semanas, McGregor vive a expectativa de enfrentar finalmente José Aldo pela disputa do cinturão linear da divisão. O carioca não pôde enfrentar seu desafeto no UFC 188, pois fraturou a costela nos treinos há poucas semanas do confronto.

Curtiu a matéria? Siga o autor no Twitter: @fontes_matheus.
Facebook: Matheus Martins Fontes.

Fotos: Reprodução/Facebook



Esportista de hobby, mas jornalista de profissão. Trabalhou como repórter do O Estado de S. Paulo, Revista TÊNIS. Tênis Virtual e CurtaTÊNIS em coberturas nacionais e internacionais de grandes eventos.