Na provocação, Valdivia pede um minuto de silêncio para uma Argentina “em luto”

Getty Images

A irritação de Valdivia por ter sido substituído ainda no tempo normal da final da Copa América logo sumiu quando a seleção chilena ergueu o troféu de campeã pela primeira vez na história da competição. O bom humor do camisa 10 ficou evidente na provocação aos argentinos: o Mago apanhou o microfone do carro que conduziu a delegação da Roja pelos principais pontos de Santiago e pediu luto para os rivais.

LEIA TAMBÉM:
Viva Chile: Decisão tem roteiro perfeito e consagra equipe chilena
Valdivia é o oitavo palmeirense a ser campeão da Copa América
Menino tira selfie com Messi após derrota da Argentina na Copa América; veja

“Um minuto de silêncio para a Argentina que está morta”, disse o atleta, provocando a euforia dos torcedores que acompanhavam os heróis. Ainda na zona mista, após a vitória do Chile nos pênaltis, Valdivia chegou a atacar os repórteres. “Comemorem, seus amargos”, desabafou o meia.

Com ou sem polêmicas, Valdivia foi um dos destaques da campanha chilena na Copa América. Apesar de não ter feito gols, o Mago fez três assistências para os companheiros e esteve em campo em todas as partidas do país, uma série que não se vê há muito tempo no Palmeiras. Após a competição, o atleta deve se apresentar ao Al-Wahda, dos Emirados Árabes, que anunciou o jogador há alguns dias.

Curtiu a matéria? Siga o autor no Twitter: @fontes_matheus.
Facebook: Matheus Martins Fontes.

Foto: Getty Images



Esportista de hobby, mas jornalista de profissão. Trabalhou como repórter do O Estado de S. Paulo, Revista TÊNIS. Tênis Virtual e CurtaTÊNIS em coberturas nacionais e internacionais de grandes eventos.