Opinião: não esqueçam do Fluminense, eles tem Ronaldinho Gaúcho

Foto: Divulgação

O Brasileirão está chegando na metade e já podemos apontar alguns candidatos ao título assim como ao rebaixamento. No entanto, muito tenho visto a imprensa apontar como candidatos Atlético Mineiro, Corinthians, São Paulo e agora o surpreendente Palmeiras. Isto até mesmo no Rio de Janeiro, que parece ter olhos voltados apenas ao rebaixamento do Vasco e aos recém contratados do Flamengo que, podem indicar uma reação fantástica do clube da Gávea.

LEIA MAIS
Fluminense confirma estreia de Ronaldinho Gáucho diante do Grêmio

Eu concordo com todas as citações acima e vou além, tenho para mim, que Palmeiras é candidatíssimo ao título por toda a sinergia criada este ano, com o engajamento de torcedores, jogadores, diretoria, comissão técnica, enfim, está tudo perfeito e em fase de crescimento que parece não ter limites.

Goleadas, bom futebol, estádio lotado, é assim que a Sociedade Esportiva Palmeiras deu, enfim, um fim à crise dos últimos anos. O Galo mineiro, forte e brigador, com o melhor futebol do país, virou o time a ser batido. O Corinthians com seu pragmatismo dos últimos 7 anos que conquistou tudo o que podia, sempre é candidato ao topo, ainda mais com o treinador sendo Tite.

O Tricolor, está sempre com problemas desde a guerra entre Juvenal e Aidar, mas está também sempre se superando e, entre uma derrota e uma má exibição, aparece uma bela vitória, seus goleadores voltando a marcar e pontuando consegue se manter na briga, como aliás tem feito nos últimos anos. Isto sem falar no Sport, a sensação do campeonato até o momento.

Diante deste cenário fica uma dúvida: Mas e o Fluminense?

Não consigo desprezar e nem imaginar um cenário futuro de competidores prováveis ao título sem pensar no tricolor das laranjeiras. Oras, nos últimos cinco anos, venceram duas vezes o Brasileirão. O artilheiro é o mesmo e continua a marcar, o goleiro é excelente, a zaga é experiente, e no meio campo possui dois bons homens na contenção.

Mas isto não é tudo, o tricolor conta ainda com Robert, jovem promessa da base que ainda não teve muitas oportunidades no time principal. Gerson, é outro jovem saído da base que tem sido titular mas ainda está tímido e não mostrou todo seu futebol. O jovem já tem sondagens de diversos clubes grandes da Europa e um pré-contrato assinado com o Barcelona.

Tem algo melhor para motivar e ajudar um jovem como Gerson do que um ídolo e gênio experiente? Sim, faltava esta figura, embora, de experiente e genial o Fred tem muito, mas me refiro aquele algo a mais no tempero. Ronaldinho Gaúcho, recém chegado, preenche este requisito.

Tem quem diga que Gaúcho não serve mais para o futebol e que as noitadas acabaram com o gênio. Concordo em partes. Ronaldinho ainda é um gênio, um mágico, um fora de série. Isto é nato e ninguém tira dele. No entanto, realmente, o craque não tem mais aquele preparo físico e aparentemente aquela “fome”de bola dos tempos de Barcelona, mas aponto alguns motivos que podem fazer os adversários começarem a se preocupar.

Ronaldinho ganhou títulos em todos os clubes por qual passou. Isto mesmo, inclusive no Querétato. No caso, o clube pouco expressivo do México ganhou a Copa El Rancho, um torneio de pouca expressão nos EUA, é verdade, mas que para o clube representou bastante. E Ronaldinho foi fundamental!

Outro feito pelo Querétaro foi a conquista inédita do vice-campeonato Mexicano, feito inédito para o clube. É bem da verdade que o brasileiro pouco atuou nas finais, mas na campanha toda teve sim sua colaboração e não tenho dúvidas que sua estrela, carisma e liderança foram fundamentais. E no Atlético Mineiro? Venceu de forma inédita para o clube a Libertadores da América, torneio de maior importância no continente.

Não tenho dúvidas que Ronaldinho Gaúcho vai se esforçar para ajudar o Fluminense nesta campanha do Fluminense até porque este é um dos poucos títulos que o jogador não conquistou na carreira. Outro fator que pode colaborar é o “tiro curto”. Ronaldinho vai atuar apenas em metade do campeonato e isto para a sua idade pode pesar bastante. O Fluminense tem uma boa campanha até aqui mesmo com todas as adversidades deste início de ano. Uma vitória na próxima partida, que pode ser inclusive a estréia do craque, pode colocar o Flu já na terceira posição dependendo de uma série de combinação de resultados.

Para concluir, o Fluminense ainda se reforçou com Osvaldo, que pode correr por dois Ronaldinhos Gaúchos, Cícero, ótimo meio campista, Wellington Paulista que, sempre quando precisa marca seus gols importantes e ainda tem no banco toda a experiência do veterano Magno Alves.

Eu, se estivesse competindo, ficaria de olhos bem abertos com este time que pode ser uma das “surpresas”do Brasileirão.

Tomem cuidado com o Flu!

Foto: Divulgação