Nasr alega erro na temperatura dos pneus para eliminação no Q1 na Inglaterra

Um erro da Sauber na preparação dos pneus para o treino classificatório foi o responsável por eliminar Felipe Nasr do qualifying para o Grande Prêmio da Inglaterra de Fórmula 1 ainda na primeira fase. O brasileiro largará da 16ª posição na corrida deste domingo, no circuito de Silverstone, após marcar 1min34s888, mesmo com compostos que não estavam na temperatura ideal para sair para a pista.

LEIA MAIS:
Especial: saiba tudo sobre o GP da Inglaterra de Fórmula 1
Hamilton domina último treino livre em Silverstone
Rosberg lidera mais um treino e domina sexta-feira em Silverstone
Carro quebra, mas Rosberg supera Hamilton no TL1 em Silverstone

“Foi uma pena, o problema começou até antes. Logo no primeiro jogo que eu passei, a gente saiu com a temperatura do pneu completamente errada. Na segunda vez, o tempo de volta foi muito melhor que a saída anterior, mas não estava o ideal, eu não sentia a temperatura do pneu, eu não sentia a aderência”, comentou Nasr, em entrevista à TV Globo.

“Estranho, pois toda vez que eu colocava o pneu novo eu sentia essa aderência a mais e agora não aconteceu. Eu acho que a gente sabe qual foi o erro, essa questão da temperatura, de ter saído com o aquecedor de pneu na temperatura que não era a ideal. Eu acho que isso comprometeu um pouco a classificação”, completou o brasileiro da Sauber, ainda à Globo.

Desta forma, Felipe acabou superado pelo seu companheiro de equipe, Marcus Ericsson, pela terceira vez na temporada. O sueco avançou para o Q2, mas não foi além da 15ª colocação. Além da Inglaterra, o dono do carro número nove largou em uma posição melhor em relação ao brasileiro na Malásia e no Canadá.

O Grande Prêmio da Inglaterra de Fórmula 1 acontece neste domingo, a partir das 9h.

Foto: divulgação/Sauber



Jornalista com passagens pelas revistas Racing e House Mag.