Opinião: O respeito do Palmeiras voltou!

César Greco/Ag. Palmeiras

O destaque da 15ª rodada do Campeonato Brasileiro foi o Palmeiras vencendo o Vasco por 4 a 1 dentro de São Januário e assumindo a terceira colocação com a mesma pontuação do Sport Recife, com uma vitória a mais para a equipe de São Paulo. O Palmeiras vem crescendo a cada rodada após a troca de técnico.

LEIA TAMBÉM
Palmeiras bate Corinthians em público pela primeira vez no Brasileiro de pontos corridos

Com Oswaldo de Oliveira, foram 6 jogos e 1 vitória; um rendimento abaixo da média e muita oscilação – vencendo clássico (Corinthians) e perdendo para clube que vai disputar para não cair (Figueirense). Após a saída de Oswaldo, até o momento são 7 vitórias, 1 empate e 1 derrota. Um salto 33% para 80% de aproveitamento. É claro que é um aproveitamento irreal, mas é uma amostra de que a troca do comando técnico era necessária.

O time do Palmeiras tem certa qualidade e não estava rendendo com Oswaldo, e não adianta usar o argumento da falta de tempo, do imediatismo do futebol brasileiro que é da cultura do resultado, não se discute isso. Ocorre que não só os resultados que não vinham, mas o rendimento estava muito aquém do investimento que a diretoria fez no início da temporada.

Não adianta continuidade do que não está funcionando. A continuidade tem que ser do que pode dar certo lá na frente. Manter o que não funciona é o caminho do fracasso.

Se a diretoria do Palmeiras não fizer uma grande lambança, vejo Marcelo Oliveira levando o Palmeiras longe nesse campeonato. Título pode ser demais, no entanto, um terceiro lugar e um vice-campeonato colocando o Palmeiras na Libertadores 2016 não é só possível como é obrigação. Em um campeonato muito equilibrado, não se pode jogar a toalha, tem que acreditar que é possível ser campeão.

Foto: César Greco/Ag. Palmeiras

Que tipo de torcedor palmeirenses você é? Faça o teste!



Viciado em futebol nacional e internacional; gosta de Fórmula 1. Apaixonado por Copa do Mundo como quem gosta de futebol, não como torcedor, e interesso-me por outros esportes somente na Olimpíada. Textos opinativos e curiosidades do futebol. Tenho um blog sobre política (@brasildecide).