Opinião: Vagner Love não pode permanecer como titular do Corinthians

Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians

A paciência da torcida corintiana com Vagner Love se esgotou. Mais uma vez, o atacante iniciou uma partida como titular e foi mal. Tite percebeu a baixa efetividade e o sacou ainda no intervalo contra o Vasco, na noite da última quarta-feira. Com Luciano em seu lugar, o Corinthians cresceu de produção e não teve muitas dificuldades para chegar à vitória por 3 a 0, na Arena.

LEIA MAIS:
Love passa em branco na vitória do Corinthians e vira motivo de piada no Twitter
Renato Augusto marca o seu primeiro gol no Brasileirão: “Espero que venha mais”

Love seguiu em jejum. Chegou à sexta partida seguida sem balançar as redes, mas o que incomoda mais é a sua dificuldade em dominar a bola. Embora seja esforçado, o camisa 9 desperdiça vários ataques. A bola bate nele e volta.

Com o camisa 9, o Corinthians perde mobilidade. Os meio-campistas Elias, Jadson e Renato Augusto são os maiores prejudicados. No início da semana havia escrito um texto falando que o Tite deveria abrir mão do esquema com um centroavante e ressuscitar a formação vencedora da Libertadores de 2012, que tinha Emerson Sheik e Jorge Henrique abertos pelas pontas. Mantenho a opinião.

O Corinthians voltará a campo somente daqui a dez dias, contra o São Paulo, no Morumbi. Até lá, Tite terá tempo de sobra para testar novas alternativas para o ataque. Ainda não dá para saber se Luciano é o nome ideal para assumir a titularidade. Nas vezes em que atuou desde o início não foi bem.

Como os atacantes reservas estão longe de serem a solução para os problemas ofensivos, outra possibilidade a ser trabalhada é a entrada de Danilo como falso centroavante. É bom lembrar que o meia exerceu a função no início da Copa Libertadores, quando Tite não pôde contar com o suspenso Guerrero. Inclusive atuou contra o São Paulo na estreia da fase de grupos, quando o Timão fez uma de suas melhores atuações na temporada.

O fato é que se Tite insistir em manter Love, o Corinthians não terá forças para brigar pelo título contra o forte Atlético-MG, do artilheiro Lucas Pratto.

football formations

foto: Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians



Rafael Alaby é jornalista diplomado pela FIAM (Faculdades Integradas Alcântara Machado), com passagens pela Chefia de Reportagem de Esportes, da TV Bandeirantes, em São Paulo e site KiGOL. Pós-graduado em Jornalismo Esportivo e Negócios do Esporte (FMU)