Palmeiras 1999 – o time que Libertou a América e entrou para a história

Palmeiras
Crédito de imagem: Divulgação

A Libertadores de 1999 foi marcada pela superação do ótimo time do Palmeiras, que estava repleto de jogadores jovens, entre eles Marcos e Alex, peças fundamentais na conquista da competição.

LEIA MAIS:
Palmeiras 1993-1994: início da hegemonia alviverde no futebol brasileiro

O time campeão era composto por Velloso, Arce, Junior baiano, Roque Junior e Junior. Rogerio, Cesar Sampaio, Zinho, Alex , Paulo Nunes e Óseas. Além de Euller, Evair entre outros.

A campanha foi boa, principalmente porque sendo no Grupo do Alviverde ainda tinha Corinthians, Cerro Porteño e Olímpia. O Palmeiras se classificou em segundo, com 10 pontos.

Na segunda fase, já de cara pegou o então atual campeão, Vasco da Gama, que defendia o título. Em dois jogos memoráveis, o Palmeiras eliminou os cruzmaltinos com a vitória de 4 x 2 no jogo da volta.

Nas quartas de final o Verdão encontrou seu arquirival Corinthians, e fizeram dois jogos cheio de emoções, e que foi decidido nos pênaltis por 4×2, onde surgiu “São” Marcos, defendendo a cobrança de Marcelinho Carioca e colocando o Palmeiras na semifinal da competição.

Já na semifinal da competição, o Palmeiras encarou o River Plate, da Argentina, com estrelas como Gallardo, mas que não conseguiram parar um tal de Alex, que no jogo de volta em São Paulo, mostrou porque era o 10, levando o time a vitória por 3×0.

O Palmeiras chegou na final contra o Deportivo Cali, da Colômbia. Dessas partidas o torcedor palmeirense jamais vai esquecer. Dois jogos equilibrados que por fim foi decidido nos pênaltis, com o placar de 4×3 para o Palmeiras, após a vitória por 2×1 no tempo normal.

Os destaques dessa conquista foram Alex, Felipão, Zinho e Marcos, que souberam levar de jogo em jogo a importância de conquistar a Libertadores, torneio que até então o Palmeiras não tinha.

Foto: Divulgação



Uma revista eletrônica, onde você pode acompanhar as últimas novidades do mundo dos esportes.