Palmeiras está no G4 e tem 5 motivos para ser considerado favorito ao título

Divulgação

Sob o comando do técnico Marcelo Oliveira, o Palmeiras soma sete vitórias em nove jogos no Brasileirão e deve ser considerado favoritíssimo ao título.

LEIA MAIS:
Palmeiras apresenta Fellype Gabriel: “já estou à disposição”

O Palmeiras venceu o Vasco no último domingo e se colocou no G4 do Campeonato Brasileiro. Na terceira posição, o Verdão tem motivos para ser considerado favorito ao título do Brasileirão 2015. Confira cinco:

1 – Elenco unido (e de qualidade) – O Palmeiras se apresenta neste Brasileirão não apenas com um time, mas sim com um elenco. A equipe formada tem o dedo do diretor de futebol Alexandre Mattos, e é uma das mais completas do Brasil. Os resultados recentes comprovam a eficiência do time que conta com muito mais que 11 titulares absolutos. A entrada de jogadores considerados “reservas” tem feito a diferença quando necessário. Além de um elenco forte, os jogadores têm demonstrado união, que é exemplificada em entrevistas, postagens nas redes sociais e nas comemorações dentro de campo.

2 – Marcelo Oliveira – Ter apenas um elenco bom e unido não basta para ter sucesso. É preciso um comandante acostumado a vitórias e disputas longas como as de pontos corridos. O técnico Marcelo Oliveira provou que entende do riscado. Ele foi o responsável pelo imbatível Cruzeiro das últimas duas temporadas. O agora comandante alviverde mostra sua força e inteligência ao ganhar cada vez mais a confiança do grupo no momento em que aproveita muito bem cada jogador do elenco. Em time em que está ganhando também se mexe. Uma excelente tática de Marcelo Oliveira para manter o gás da equipe mesmo quando se está goleando.

3 – Força de ataque – O ataque palestrino começou a mostrar o seu poder de fogo. A equipe tem o segundo melhor ataque do campeonato (empatada com o Sport e atrás apenas do Atlético-MG), mas o setor de ataque mesmo deslanchou há pouco tempo. A chegada do paraguaio Lucas Barrios, destaque da Copa América, acirrou a disputa pela posição, que hoje conta com Leandro Pereira, Rafael Marques, Dudu e Cristaldo em grande fase. Alecsandro, vindo do Flamengo, ainda completa o elenco ao lado de Kelvin, Mouche e Gabriel Jesus.

4 – Tabela favorável – Em comparação aos adversários diretos na luta pelo título do Campeonato Brasileiro, o Palmeiras conta com a tabela “mais fácil” para o restante da competição. A tabela se torna fácil pelos deveres bem feitos da equipe até aqui. O Palmeiras venceu todos os clássicos contra seus rivais paulistas no primeiro turno, dois deles fora do casa. A parte “difícil” da tabela já ficou pra trás (ao menos no primeiro turno), com a conquista de 8 pontos contra os adversários diretos (se considerarmos até o São Paulo, atual quinto colocado). Corinthians (2º) e Sport (4º) ainda se enfrentam no primeiro turno. O líder Atlético-MG enfrenta São Paulo e Grêmio (6º) antes da virada de turno. Até o próximo turno, o Palmeiras só enfrenta equipes que estão abaixo da sétima colocação na tabela.

5 – Torcida que canta e vibra – Estádio sempre cheio é um dos principais motivadores para o título nacional. A torcida abraçou a equipe, que tem buscado corresponder aos cantos e gritos das arquibancadas. O Palmeiras tem a melhor média de público do Brasileirão (31.745 pagantes por jogo) e um bom retrospecto jogando dentro de casa, com cinco vitórias, dois empates e apenas uma derrota.

CRÉDITO DA FOTO: Divulgação



Jornalista | Escritora Há 10 anos dedicando-se ao meio esportivo, com enfoque em mídias sociais e produções audiovisuais. Autora do site Guia dos Esportes - Conhecendo o mundo através do esporte, especialista de conteúdo da Seconds Entretenimento Esportivo, colunista dos sites Autoracing (F1), repórter e colunista do Portal Rackets (tênis).