Palmeiras pode perder Prass, Aranha e Zé Roberto de graça

Fabio Menotti/Ag. Palmeiras/Divulgação

Os goleiros Fernando Prass e Aranha, além do meia Zé Roberto possuem vínculo com o Palmeiras apenas até o fim de 2015 e já podem assinar um pré-contrato com outra equipe. Nessa situação, os jogadores sairiam do alviverde de graça em dezembro.

LEIA MAIS
Site da Adidas revela modelo que pode ser a nova camisa branca do Palmeiras
Com o fim da 10ª rodada, Palmeiras sobe duas posições e confirma crescimento
Vídeo: Veja que destaque os jornais deram para a vitória do Palmeiras
Adidas emperra renovação com o Palmeiras

Enquanto alguns jogadores novos ainda nem jogaram pelo Palmeiras – casos de Leandro Almeida, Fellype Gabriel e o ainda não oficializado Lucas Barrios -, outros poderão se despedir do clube muito em breve, casos de Fernando Prass, Aranha e Zé Roberto.

Os três atletas, segundo o Globoesporte.com, possuem contrato com o Palmeiras até dezembro de 2015 e já podem assinar um pré-contrato com outro clube, embasados na Lei Pelé. Até o presente momento, a diretoria do Verdão não se manifestou a favor ou contra a renovação destes atletas.

O goleiro Aranha é o que tem mais chances de sair, uma vez que disputou apenas uma partida pelo Palmeiras até o momento. Já Fernando Prass, titular da meta alviverde, chegou a declarar que gostaria de encerrar a carreira no clube, mas o modelo de renovação pode ser um empecilho, uma vez que Prass ainda possui um vínculo sem produtividade, assinado ainda na gestão Tirone. Para renovar, o goleiro teria de se enquadrar no modelo de Paulo Nobre, mas já disse não ter pressa para renovar.

No caso de Zé Roberto, o veterano jogador é quem vai decidir o seu futuro. Com 41 anos em 2015, o meia irá decidir se joga mais um ano ou encerra a sua carreira. Caso opte por atuar por mais uma temporada, a renovação com o Palmeiras deve acontecer, uma vez que o atleta já caiu nas graças da torcida e da diretoria, isso sem mencionar o fato de que Zé Roberto já está acostumado com o modelo de produtividade.

O Palmeiras contratou no início de 2015 muitos jogadores por empréstimo, cujos vínculos se encerram ainda em 2015 (casos de Zé Roberto e Aranha) e início de 2016, como João Paulo, Jackson, Victor Ramos, Vitor Hugo, Andrei Girotto, Ryder, Kelvin e Rafael Marques. O Verdão terá de se mexer para não perder atletas que estão se destacando no time.

Foto: Fabio Menotti / Ag. Palmeiras / Divulgação