Para Gareca, terceiro lugar na Copa América ‘é um privilégio’

Crédito da Foto: Getty Images

A disputa do terceiro lugar da Copa América entre Peru e Paraguai será realizada nesta sexta-feira e, para o técnico Ricardo Gareca, conquistar um lugar no pódio é um privilégio para a seleção peruana.

Em entrevista coletiva concedida nesta quinta-feira, o técnico destacou que o time superou as expectativas e que todos os jogos foram disputados com seriedade. Gareca citou ainda que a goleada de 6 a 1 sofrida pelos paraguaios na semifinal contra a Argentina não terá influencia na partida desta sexta-feira.

O Paraguai terá alguns desfalques, mas que mesmo assim o jogo não será fácil, pois eles contam com Lucas Barrios.

A dor de cabeça para o técnico Ricardo Gareca está em relação ao ataque, já que muitos atletas podem não estar aptos para disputar a partida. Farfán ainda segue como dúvida, Jefferson sente dores no tornozelo esquerdo e Cláudio realizou uma ressonância magnética nesta quinta por conta das dores no quadril e está praticamente fora do duelo contra os paraguaios. Carlos Zambrano é outra baixa já que foi expulso no jogo contra o Chile e no seu lugar joga Christian Ramos.

No Peru, há um contentamento com o que foi apresentado pelos jogadores e alguns tentam fazer uma aproximação com épocas vitoriosas do futebol peruano. Mas Gareca pediu cautela em comparar o presente com o passado. Para o treinador existe uma história muito grande no futebol e que não há nada que fazer, que não pode devolver qualquer identidade. Gareca ainda cita que o objetivo era serem protagonistas, fortes em todos os pontos de vista e aproveitar as qualidades de cada atleta.

O desejo do argentino é deixar o Peru na mesma colocação que na Copa América de 2001, em terceiro lugar.

Crédito da Imagem: Getty Images



Estudante do 6º semestre de Jornalismo na Universidade de Taubaté (UNITAU) e apaixonada pelo Corinthians. Mas também gosto de dar meus palpites sobre outras equipes.