Ponte Preta aciona o Corinthians por cutucada em telão: “atitude que incita a violência”

Foto: Reprodução/Twitter

A Ponte Preta não viu nenhuma graça na mensagem provocativa do telão da Arena Corinthians, após a derrota para o Corinthians, na noite da última quarta-feira. O painel exibiu a hashtag #desde77, em alusão a conquista do Timão contra o adversário no Campeonato Paulista de 1977. A diretoria pontepretana está entrando com representação na CBF contra o clube da capital paulista.

LEIA MAIS:
#desde77: Telão da Arena Corinthians provoca a Ponte Preta

“Foi usado um meio oficial para provocar a torcida do adversário, uma atitude no mínimo imatura e que incita a violência. Cabe lembrar que na partida contra o Joinville o locutor do estádio lá também provocou a Ponte e houve punição ao time catarinense e mesmo aqui já tivemos episódio semelhante em dérbi no qual um locutor contratado excedeu-se em seus comentários e acabou banido”, disse o diretor jurídico alvinegro Giuliano Guerreiro em entrevista ao site oficial da Macaca.

A nota também lembra que o título de 77 foi “contestado pelos torcedores e por parte da crônica esportiva como fruto de favorecimento da arbitragem de então”.

O diretor social e vice-presidente Giovanni Dimarzio também se mostra indignado com o episódio de quinta-feira. “Temos um bom relacionamento com a diretoria corintiana e nunca esperaríamos uma atitude destas, que apequena o time paulistano. Foi uma provocação gratuita e desnecessária, ainda mais em uma partida que ambas as equipes jogaram bem e que ocorreu justamente após um confronto no Paulista deste ano entre os dois em que notoriamente a Ponte foi prejudicada por erro de arbitragem que até os jogadores corintianos reconheceram. O que fizeram ontem foi uma atitude lamentável”, afirmou.

Não é a primeira vez que o Corinthians polemiza. Há pouco mais de duas semanas, o Corinthians bateu de virada o Inter por 2 a 1 e o telão exibiu a #poenodvd, relembrando a decisão da Copa do Brasil de 2009, quando o presidente do Inter, Fernando Carvalho, preparou um DVD contendo imagens de erros de arbitragem que beneficiaram o rival ao longo da competição.

A mensagem provocativa rendeu críticas do técnico Tite e do presidente corintiano Roberto de Andrade. O responsável pela polêmica foi demitido, mas depois de tanta pressão da torcida foi readmitido pelo clube.

Foto: Reprodução/Twitter



Rafael Alaby é jornalista diplomado pela FIAM (Faculdades Integradas Alcântara Machado), com passagens pela Chefia de Reportagem de Esportes, da TV Bandeirantes, em São Paulo e site KiGOL. Pós-graduado em Jornalismo Esportivo e Negócios do Esporte (FMU)