Por R$ 500 mil, adversário do Palmeiras na Copa do Brasil deve vender mando de campo

A crise financeira que afeta os clubes brasileiros, com certeza, atinge em cheio e com mais intensidade os times de menor expressão.

LEIA MAIS:
Cristaldo se sente feliz no Palmeiras e fala em permanência

O ASA, adversário do Palmeiras nas oitavas da Copa do Brasil, negocia a venda do mando de campo. Segundo Bruno Euglides, presidente do clube, a situação está próxima de ser resolvida.

“É bem abaixo do que queríamos, mas a situação do clube não é das melhores, tem essa questão de salários atrasados e precisamos honrar os nossos compromissos. A negociação está bem encaminhada, estamos acertando os últimos detalhes, vendo as questões legais e até a próxima sexta-feira o martelo deve ser batido,” disse para a reportagem do Globo Esporte.com.

A ideia de Euclides era vender por R$ 1 milhão. Mas o martelo deve ser batido por R$ 500 mil.

No primeiro jogo, no Allianz Parque, empate em 0 a 0. O Palmeiras passa de fase se empatar com gols.



Thiago Gomes é Administrador de Empresas. Trabalha com estratégias digitais e consultoria de e-commerce. É palmeirense e um apreciador do futebol, tanto nacional quanto internacional. Escreve para site esportivo desde 1996.