River Plate recusa oferta ‘vergonhosa’ do Corinthians por Teo Gutiérrez

Foto: site oficial do River Plate

Teo Gutiérrez não deve vir mais para o Corinthians. Segundo o site UOL Esporte, o River Plate recusou a oferta corintiana pelo atacante colombiano. O estafe do artilheiro ficou irritado com os números postos pelo clube.

LEIA MAIS:
Corinthians x Ponte Preta: saiba o que está em jogo
Relembre cinco jogos marcantes entre Corinthians e Ponte Preta

“O Corinthians apresentou ontem (quarta) uma oferta vergonhosa e inaceitável para o River Plate. Parece que não sabem que pretendem o melhor jogador da América e titular da seleção da Colômbia, com Jackson Martínez (transferido ao Atlético de Madrid-ESP) e Carlos Bacca (ao Milan-ITA) no banco de reservas”, declarou um agente do jogador.

Nos últimos dias, o Corinthians enviou a oferta de US$ 2 milhões (cerca de R$ 6,2 milhões), mas dividida em várias parcelas. Os argentinos não querem abrir mão de US$ 3 milhões à vista (R$ 9,3 milhões) pelos 50% de direitos econômicos que possui.

“O Corinthians movimentou o nome de Teo como uma cortina de fumaça para falar sobre alguém relevante para sua torcida e nada mais”, desabafou, ainda, um dos agentes do colombiano.

Durante entrevista coletiva nesta quinta-feira, o presidente do River, Rodolfo D’Onofrio, confirmou que Teo não seguirá mais na equipe principal quando retornar de férias em Barranquilla.

“Está certo que ele não voltará à equipe principal. Se voltar, terá que treinar com reservas. Teo está em Barranquilla comendo empanadas. Se não tiver ofertas quando acabar de comer, terá que voltar. Nós mostramos nosso amor pelo River e a gana por jogar aqui. Já que isso não ocorre, Teo seguirá seu caminho por outro lado”, afirmou o presidente.

O destino do melhor jogador das Américas em 2014 deve ser o Sporting, de Portugal. De acordo com o jornal lusitano “O Jogo”, o clube ofereceu salários mensais de 200 mil euros (cerca de R$ 700 mil na cotação atual), valor longe da realidade corintiana, que nas últimas semanas reduziu a folha salarial com as saídas de medalhões como Fábio Santos, Emerson Sheik e Guerrero.

Foto: site oficial do River Plate



Rafael Alaby é jornalista diplomado pela FIAM (Faculdades Integradas Alcântara Machado), com passagens pela Chefia de Reportagem de Esportes, da TV Bandeirantes, em São Paulo e site KiGOL. Pós-graduado em Jornalismo Esportivo e Negócios do Esporte (FMU)