Robinho nega proposta do futebol árabe e esposa veta saída do Palmeiras

César Greco/Ag. Palmeiras

Titular absoluto de Marcelo Oliveira no meio-campo do Palmeiras, Robinho afirmou ter recebido diversas mensagens nas redes sociais a respeito de uma possível negociação com o futebol árabe. Após a vitória sobre a Chapecoense por 2 a 0 na última quarta-feira, o meia comentou sobre o caso e admitiu ter ficado surpreso, “pois não houve suposta sondagem de times do Oriente Médio”. E ainda se houvesse, o jogador teria mais um bom motivo para não sair de São Paulo.

LEIA MAIS:
Por R$ 500 mil, adversário do Palmeiras na Copa do Brasil deve vender mando de campo
Prass diz que sequência de vitórias faz Palmeiras focar nos líderes do Brasileiro
Palmeiras apresenta 23º reforço para a temporada nesta quinta na Academia
Hulk nega interesse do Palmeiras e crava permanência na Rússia

“Não chegou nada da Arábia para mim. E quando começaram a falar sobre isso no Instagram, minha mulher fez umas pesquisas e já falou: ‘Não vou para a Arábia, não’. Se ela não vai, eu não vou também”, brincou o meia, que vem sendo o substituto de Valdivia e tem ganhado a concorrência com Zé Roberto e Cleiton Xavier.

Apesar da troca de time não fazer parte dos planos, o camisa 27 tem consciência de que pode, sim, sair caso a diretoria alviverde receber uma proposta bem atrativa. “Claro que, se vier uma proposta boa e o Palmeiras me negociar, terei que ir para lá. Mas quero ficar e trabalho para isso. Não estou sabendo de oferta nenhuma mesmo”.

O Palmeiras contratou Robinho do Coritiba e desembolsou R$ 2,5 milhões por 50% dos direitos econômicos do atleta, que tem contrato com o clube alviverde até dezembro de 2018. O meia conhece Marcelo Oliveira desde os tempos de Coxa e sabe que o elenco precisa seguir mostrando ao treinador que vai manter a pegada para chegar na pontuação do G4 do Campeonato Brasileiro.

“Temos que continuar fazendo o que o Marcelo vem pedindo. Conversamos em Atibaia, estávamos mal na tabela e ainda estamos pelas pretensões do elenco. Precisamos continuar vencendo. Não adianta jogar fora de casa e perder no domingo, aí não terão adiantado nada essas duas vitórias”, lembrou Robinho.

Com 15 pontos, o Palmeiras é o nono colocado, a quatro pontos do Atlético-PR na zona da Libertadores. No próximo domingo, o Verdão volta a campo para enfrentar a Ponte Preta, em Cuiabá.

Curtiu a matéria? Siga o autor no Twitter: @fontes_matheus.
Facebook: Matheus Martins Fontes.

Foto: César Greco/Ag. Palmeiras



Esportista de hobby, mas jornalista de profissão. Trabalhou como repórter do O Estado de S. Paulo, Revista TÊNIS. Tênis Virtual e CurtaTÊNIS em coberturas nacionais e internacionais de grandes eventos.