Ronaldinho Gaúcho e Flamengo têm encontro marcado para sexta-feira (3) na Justiça do Trabalho

Ronaldinho
Foto: Getty Images

Acontece nesta sexta-feira (3), na 9ª Vara do Trabalho do Rio de Janeiro, a audiência referente à ação que Ronaldinho Gaúcho move contra o Flamengo, depois da saída do jogador da Gávea. O clube carioca conta com resultado positivo da perícia para evitar maiores prejuízos.

LEIA TAMBÉM:
Cristóvão aprova estreia de Ayrton no Flamengo

Flamengo e Ronaldinho Gaúcho voltam a se encontrar e não será nos campos, mas nos tribunais. R10 foi contratado pelo clube carioca no início de 2011 para ganhar R$ 1,2 milhão de salários, com 75% arcado pela Traffic. No entanto, a empresa parou de pagar o jogador no segundo semestre e o craque acabou deixando o Flamengo em 2012. Após sair do clube, Ronaldinho entrou na justiça pedindo cerca de R$ 55 milhões. A quantia seria referente a falta de pagamentos de direitos de imagem (R$ 40 milhões) e também por alegados danos morais (R$ 15 milhões).

O departamento jurídico do Flamengo conta com o resultado da perícia ocorrida no processo para desqualificar o pedido do jogador pelos danos morais que teria sofrido. Na perícia, ficou detectada que a instituição, Flamengo, teria sofrido danos à sua imagem, causados pelo atleta no período que defendeu a equipe.

Nesta sexta (3), ocorrerá na 9a Vara do Trabalho do Rio de Janeiro, às 10h, a audiência de Instrução e Julgamento, onde serão ouvidas as partes envolvidas no processo, além de novas testemunhas.

Reprodução
Reprodução

Se as partes não chegarem a um acordo na audiência, o processo caminhará para a conclusão, com as testemunhas ouvidas e uma definição judicial, da qual, todavia, caberá recurso. De qualquer maneira, a diretoria do Flamengo está confiante de que não precisará pagar a quantia elevada pedida pelo jogador.

Crédito da foto: Getty Images

Curtiu essa matéria? Siga o autor no Twitter: @allanmadi.