Ronaldinho Gaúcho: o gênio que ensinou e treinou Lionel Messi

Ronaldinho
Foto: Getty Images

A história de Ronaldinho Gaúcho na Espanha se resume ao melhor momento de sua carreira. Ronaldinho jogou no Barcelona entre 2003 e 2008, lá , em 2005, teve a melhor fase de sua carreira,ano em que ajudou o Barça a ganhar a Supercopa da Espanha e o melhor jogador do mundo pela segunda vez. Além disso, Gaúcho também teve nesta época o maior valor comercial do mundo entre jogadores da Europa. E sem dúvida o mais marcante: foi ovacionado pela torcida rival.

Os dois títulos de “Melhor Jogador do Mundo”, pela FIFA, lhe foram dados nos anos de 2004 e 2005. Em 19 de julho de 2003, há quase 12 anos o então presidente do Barcelona, Joan Laporta, adquiriu o passe de Ronaldinho por 21 milhões de euros.

Na época em que foi comprado pelo Barça, o Manchester United também estava na lista, porém , Gaúcho declarou escolher o Barça, por causa de seu relacionamento com a Nike. Bussness. Nesta época foi lançada a campanha em que o jogador chutava várias vezes a bola em direção ao gol mas para acertar o travessão.

A temporada de 2005/20006, ficou marcada por sua atuação no jogo contra o Real Madris, o chamado Él Clásico. Ronaldinho marcou duas vezes e foi o grande destaque da vitória por 3 a 0 na casa do adversário. Ronaldinho foi tão brilhante no clássico contra o Real Madrid em 2005 que a torcida rival reconheceu e o aplaudiu de pé em pleno Santiago Bernabeu, a genialidade do jogador. Brilhante e brilhantemente natural como há tempos não vemos um jogador brasileiro. O jogo terminou 3 a 0 para o Barcelona, com dois gols de Ronaldinho Gaúcho.

Ser aplaudido pela torcida rival é um feito que, até então, só Maradona tinha conseguido, na sua rápida passagem pelo Barça nos anos 80.O jogo ficou marcado principalmente por isto, pelo fato do Real historicamente ser o grande arquirrival do Barça. Nesta temporada, ainda conquistou os títulos da Liga dos Campeões UEFA e, novamente, a Supercopa da Espanha. O que o camisa 10 fazia com a bola nos pés, faz qualquer torcedor brasileiro ter saudade ao ver os vídeos, sua jogadas sublimes de craque que o caracterizavam como jogador arte sem ser desrespeitoso, um gênio em campo. Que fez da sua temporada no Barcelona imortal.

Em 2006, um estudo apontou Ronaldinho como o jogador de maior valor comercial no mundo, deixando para trás dois ingleses David Beckham e Wayne Rooney. Sua imagem foi avaliada em 47 milhões de euros, a de Beckham, 44,9 milhões e a de Rooney, 43,7 milhões.

O final de sua temporada no clube em 2008, foi marcada por contusões e então com a queda de rendimento, foi transferido para o Milan. No Barça ele conseguiu seguir os passos de outros grande jogadores brasileiros que passaram pelo clube como: Romário, Ronaldo e Rivaldo, com esses dois últimos montou um poderoso ataque dos 3 R´s na Copa do Mundo.

Foto: Getty Images



Formada em jornalismo pelo Mackenzie, demorei anos para perceber que dá, sim, para ir atrás dos sonhos e trabalhar com o que se gosta: o esporte. Hoje me divido entre o esporte e a política. Nunca vou me conformar com os que dizem: "É só futebol.."