Sul-coreano Chung Mong-Joon disputará a presidência da FIFA

Crédito da foto: Divulgação/Daily Mail.

Antigo vice-presidente da FIFA, Chung se candidatará para a presidência da entidade e disputará o cargo com o francês Michel Platini. Segundo Mong-Joon, o ex-jogador não é o homem ideal para ocupar a cadeira de presidente. O sul-coreano ainda completou dizendo que um líder não-europeu contribuiria para que a FIFA respirasse “novos ventos” no futebol mundial.

Chung Mong-Joong teceu duras críticas a Joseph Blatter, atual presidente da federação e que irá renunciar ao cargo, e a Platini. O futuro candidato disse que Blatter “é uma espécie de canibal que come os seus pais e depois chora por estar órfão. Ele culpa toda a gente, exceto ele próprio” e que o candidato francês é “uma marionete indigna de confiança”. Ainda sobre Michel, Chung falou: “Platini é bom para o futebol, mas pode ser um bom presidente da FIFA? Penso que não. Ele é um produto do atual sistema da FIFA”.

Sobre suas intenções para com a entidade, o sul-coreano de 63 anos declarou: “Durante estes quatro anos, espero conseguir realizar o meu programa e fazer da FIFA uma verdadeira ONG (Organização Não Governamental) desportiva, aberta, transparente, moral e ética”, e ainda completou : “A FIFA se tornou uma organização fechada para o presidente Blatter, seus associados e seus comparsas, e eu quero mudar isso”. Chung disse para a Reuters que anunciará formalmente sua candidatura na Europa, que chamou de “centro do futebol mundial”.

Além de Michel Platini, Chung pode enfrentar também nas eleições de fevereiro o príncipe da Jordânia, Ali Bin Al Hussein, que já havia perdido as eleições em maio desse ano para Blatter, e Zico, que enviou para a CBF um pedido de apoio à candidatura.

Além de ex-vice presidente da FIFA, Chung Mong-Joon foi fundamental para que a Coréia do Sul pudesse sediar a Copa do Mundo de 2002 ao lado do Japão.

Crédito da foto: Divulgação/Daily Mail.

 



Estudante de Jornalismo na Universidade São Judas Tadeu. Amante do futebol, apaixonado por futebol americano e interessado pela antropologia esportiva.