Terceiro mais rápido, Räikkönen diz que sexta-feira “não foi um dia fácil” em Silverstone

Kimi Räikkönen manteve a calma ao comentar o desempenho da Ferrari na sexta-feira (3) de treinos livres para o Grande Prêmio da Inglaterra de Fórmula 1. O piloto da Ferrari foi o terceiro mais rápido do dia no circuito de Silverstone, ao obter na melhor de suas voltas 1min34s502, atrás apenas dos dois carros da Mercedes, pilotados por Nico Rosberg e Lewis Hamilton, respectivamente.

LEIA MAIS:
Especial: saiba tudo sobre o GP da Inglaterra de Fórmula 1
Rosberg lidera mais um treino e domina sexta-feira em Silverstone
Carro quebra, mas Rosberg supera Hamilton no TL1 em Silverstone

O finlandês destacou que este foi apenas o primeiro dia de atividades, e que apesar do desempenho, não foi um dia dos mais fáceis, mesmo com os dois carros da equipe italiana ocupando o segundo e o terceiro lugares na segunda atividade do dia, liderada por Rosberg.

“Hoje nós tentamos tirar o máximo dos treinos e isso foi bom, mas é apenas a sexta-feira. Não foi um dia fácil, mas de qualquer maneira nós aprendemos algumas coisas. Nós ainda temos que melhorar e tentar tornar o carro um pouco mais simples”, comentou. O campeão mundial de 2007.

Räikkönen comentou também alega que teve mais facilidade com os compostos médios em relação aos pneus duros, e que não sabe como as outras equipes estão em stints mais longos.

“Nós não temos ideia do que os outros estão fazendo nos long runs, nosso foco nesta temporada. Os compostos médios parecem estar ok, já os duros são mais difíceis. Por alguma razão eu brigava um pouco com isso, mas eu não sei se isso foi com esse set em particular ou se o composto em si é mais complicado”, completou o finlandês.

Neste sábado acontece mais um treino livre e a tomada de tempos para definição do grid de largada para o Grande Prêmio da Inglaterra, marcado para domingo, a partir das 9h, pelo horário de Brasília.

Foto: Divulgação/Ferrari



Jornalista com passagens pelas revistas Racing e House Mag.