Vandalismo marca venda de ingressos no Maracanã para Flamengo x Santos

Foto: Tomaz Silva/ Agência Brasil

A quatro dias do confronto diante do Santos, o Flamengo já tem noção de que terá casa cheia no Maracanã pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro. Mais de 20 mil ingressos foram vendidos antecipadamente até essa quarta-feira, sendo que o setor Norte já se esgotou. Entretanto uma confusão marcou a compra dos bilhetes desde manhã, e muitos torcedores, irritados com as longas filas, chegaram a quebrar vidros, atirar pedras e atear fogo na bilheteria 4.

LEIA TAMBÉM:
Vágner Love admite saudade do Flamengo e de parceria com Adriano Imperador
Cirino nega ciúme de Guerrero no Flamengo: “Fazendo gols, não tem problema”
Sheik convoca a torcida do Flamengo para o jogo diante do Santos
Flamengo é o segundo visitante mais perigoso do Campeonato Brasileiro

As vendas para o duelo do Rubro-Negro diante do Peixe, no próximo domingo, acabaram sendo suspensas às 11h (horário de Brasília). A Polícia Militar chegou ao local para conter o grupo de rubro-negros mais exaltados. Através de nota nas redes sociais, o Consórcio Maracanã comunicou que “repudia veementemente atos de vandalismo” e anunciou a interrupção das vendas, que foram retomadas na bilheteria 1 ao meio-dia.

Veja a nota do Consórcio Maracanã sobre a confusão nas bilheterias:

O Maracanã esclarece que a venda de ingressos para o jogo Flamengo x Santos, marcado para domingo (2/8), começou às 10h desta terça-feira (28/7) no site www.maracana.com com grande procura pelo setor Norte, destinado aos rubro-negros. Na abertura da bilheteria às 10h, nesta quarta-feira, estavam disponíveis para venda apenas os setores Sul, Leste Inferior e Maracanã Mais. Inconformado, um grupo de vândalos quebrou vidros, ateou fogo na bilheteria e atirou pedras nos funcionários. A Polícia Militar foi imediatamente acionada para conter o grupo.

O Estatuto do Torcedor estabelece que os ingressos devem ser colocados à venda até 72 horas antes do início da partida. Porém, devido à grande procura por ingressos, o Maracanã e o Flamengo decidiram antecipar a venda na sede do clube na Gávea e na bilheteria 4 do estádio para esta quarta-feira (29/7).

Com a depredação da bilheteria 4, a venda de ingressos foi interrompida. O Maracanã repudia veementemente atos de vandalismo. As vendas foram reiniciadas às 12h na bilheteria 1. A comercialização segue normalmente no www.maracana.com e na Gávea. Os demais pontos de venda abrirão nesta quinta (30), de 10h às 17h.

Em entrevista ao GloboEsporte.com, Marcelo Frazão, diretor de marketing do Consórcio Maracanã, suspeita de que o tumulto nas bilheterias tenha sido provocado por cambistas. Os bilhetes começaram a ser vendidos nesta terça-feira, via internet. Nas bilheterias, nesta quarta, apenas ingressos dos setores Sul, Leste Inferior e Maracanã Mais estavam disponíveis.

A expectativa da diretoria do Flamengo é de que o público de domingo supere o do jogo contra o Grêmio, que marcou a estreia de Paolo Guerrero no estádio com a camisa do Urubu. Na ocasião, mais de 51 mil presentes compareceram na vitória rubro-negra por 1 a 0, com direito a gol do peruano.

Curtiu a matéria? Siga o autor no Twitter: @fontes_matheus.
Facebook: Matheus Martins Fontes.

Foto: Tomaz Silva/ Agência Brasil



Esportista de hobby, mas jornalista de profissão. Trabalhou como repórter do O Estado de S. Paulo, Revista TÊNIS. Tênis Virtual e CurtaTÊNIS em coberturas nacionais e internacionais de grandes eventos.