Vasco é derrotado pela Chapecoense e segue na zona do rebaixamento

O Vasco da Gama visitou a Chapecoense, na Arena Condá, às 21 horas, em Chapecó, e saiu derrotado por 1 a 0 com gol do zagueiro Neto, com isso foi a primeira derrota do técnico Celso Roth no comando vascaíno. A partida era válida pela décima primeira rodada, da Série A do Campeonato Brasileiro.

LEIA MAIS:
Copa do Mundo Feminina: Inglaterra vence Alemanha e conquista terceiro lugar inédito

Próximo duelo do Vasco da Gama no Campeonato Brasileiro será, contra o São Paulo, em Brasília, no estádio Mané Garrincha, às 22h. Já a Chapecoense irá enfrentar o Grêmio, em Chapecó, às 19h30, na Arena Condá, em duelo válido pela décima segunda rodada da Série A do Brasileirão.

O primeiro gol do jogo foi marcado pela Chapecoense, depois de cruzamento de Camilo e o zagueiro Neto desviou para o fundo do gol depois de armar uma bicicleta e pedalar a bola. O gol foi parar no cantinho de Charles que nem tenta a defesa. Chapecoense 1 x 0 Vasco da Gama.

Com o resultado positivo, a Chapecoense sobe duas posições na tabela de classificação para a oitava colocação com dezesseis pontos em cinco vitórias até o momento. Já o Vasco da Gama segue na zona do rebaixamento ocupando a décima oitava colocação, com apenas nove pontos na tabela de classificação e já tem seis derrotas no Campeonato Brasileiro.

FICHA TÉCNICA:
CHAPECOENSE 1 X 0 VASCO

Local: Arena Condá, Chapecó (SC)
Data: 4/7/2015, 21h

Árbitro
: Ricardo Marques Ribeiro (MG-Fifa)
Auxiliares: Fabricio Vilarinho da Silva (GO-Fifa) e Marcio Eustaquio S Santiago (MG)

Cartões amarelos: Bruno Rangel (Chapecoense), Guiñazu e Jhon Clay (Vasco)
Cartões vermelhos: Christiano e Jhon Clay (Vasco)

Renda/Público
: R$ 57.810,00 / 4.349 presentes
Gol: Neto, aos 29’/2°T (1-0)

CHAPECOENSE: Danilo, Apodi, Rafael Lima, Neto e Dener; Elicarlos (Wagner, aos 11’/2°T), Bruno Silva (Roger, aos 27’/2°T), Cleber Santana, Hyoran (Maranhão, aos 26’/2°T) e Camilo; Bruno Rangel. Técnico: Vinícius Eutrópio.

VASCO: Charles, Madson, Anderson Salles, Aislan e Christiano; Guiñazú, Serginho, Julio Cesar e Emanuel Biancucchi (Jhon Clay, no intervalo); Riascos (Thalles, aos 34’/2°T) e Gilberto (Lucas, aos 4’/2°T). Técnico: Celso Roth

Foto: Paulo Fernandes/Vasco.com.br



Radialista, Jornalista com passagens como correspondente pelo site italiano CalcioNews24.com e pelo Arena Rubro-Negra. Atualmente setorista do Fluminense e Futebol Sul-Americano no Torcedores.com