3 lições que o Corinthians aprendeu com a derrota para o Santos

O Corinthians saiu em grande desvantagem por vaga nas quartas de final da Copa do Brasil ao ser derrotado pelo Santos (2 a 0), na noite da última quarta-feira, na Vila Belmiro. Para sobreviver na competição, o alvinegro precisará vencer o rival na próxima quarta-feira, na Arena, por três ou mais gols de diferença. Triunfo por 2 a 0 leva a decisão aos pênaltis.

LEIA MAIS:
Santos bate Corinthians por 2 a 0 na Vila e abre boa vantagem; assista aos gols
Com suspeita de ruptura no ligamento do joelho, Luciano pode voltar só em 2016
Renato Augusto lamenta derrota para o Santos na Copa do Brasil: “grande vantagem deles”

O Timão perdeu uma invencibilidade que durava 11 jogos. O último algoz havia sido o próprio Santos, na Vila Belmiro, em partida válida pela 8ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O Torcedores.com listou 3 lições que o Timão aprendeu na derrota no clássico. Confira!

1 – Covardia custa caro – Assim como no último jogo do Brasileirão, o Corinthians fez um primeiro tempo ruim. Com postura extremamente cautelosa, não finalizou nenhuma vez ao gol de Vanderlei. A equipe parecia disputando um amistoso. Não teve fibra, ao contrário do Santos que desde o primeiro minuto encarou a partida como uma decisão sufocando a saída de bola e se movimentando muito bem em campo. Apenas no segundo tempo, o Timão partiu para o ataque, mas mesmo assim foram raras as chances.

2 – Não se pode dar liberdade para Lucas Lima. Até o torcedor que não acompanha muito futebol sabe das qualidades do meia santista. É dinâmico, habilidoso e com passe refinado. Faltou atenção especial dos jogadores ao camisa 20, que teve muita liberdade. As duas assistências saíram do pé esquerdo dele. Bruno Henrique deu pouco combate no meio de campo e ganhou poucos rebotes.

3 – Não dá para confiar sempre na linha do impedimento: Os dois gols santistas saíram após mau posicionamento do sistema defensivo. No primeiro, Fagner deu condições legais a Gabriel testar na rede. No segundo, Felipe e Fagner também falharam na linha e Marquinhos Gabriel fechou o placar.

foto: Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians



Rafael Alaby é jornalista diplomado pela FIAM (Faculdades Integradas Alcântara Machado), com passagens pela Chefia de Reportagem de Esportes, da TV Bandeirantes, em São Paulo e site KiGOL. Pós-graduado em Jornalismo Esportivo e Negócios do Esporte (FMU)