Apesar de queda recente, Atlético-MG segue firme como candidato ao título

O Atlético-MG ganhou destaque nos últimos anos e venceu praticamente todas as competições importantes na década: Campeonato Mineiro (2012, 2013 e 2015), Libertadores (2013), Recopa Sul-Americana (2014) e Copa do Brasil (2014). Ou seja, em âmbito nacional, só falta um troféu: o Campeonato Brasileiro, onde conquistou o único título no longínquo ano de 1971. Em 2015 a ambição é a segunda taça do Brasileirão. Na virada do primeiro turno, a equipe é a vice-líder.

LEIA MAIS
Atlético-MG: “Vovó do Galo” encanta em BH e conquista as redes sociais
Veja como ficou a tabela de classificação do Campeonato Brasileiro após o primeiro turno

Em 19 partidas, o Galo tem 36 pontos até o momento. São 11 vitórias, três empates e cinco derrotas. A situação poderia estar melhor se nos últimos três jogos o time não tropeçasse: empate sem gols com o Goiás e derrotas para Grêmio (2 a 0) e Chapecoense (2 a 1). A arbitragem foi o principal alvo dos atleticanos, principalmente nos duelos diante do Tricolor gaúcho e da Chape, “apimentando” o clima nos bastidores.

O Atlético-MG é o melhor ataque, com 33 gols marcados, índice que se mantém soberano por várias rodadas. Lucas Pratto e Thiago Ribeiro, apesar da queda de desempenho recente, são os artilheiros, com sete e seis bolas nas redes, respectivamente. A defesa levou 18, a terceira menos vazada. Trunfos do técnico Levir Culpi, que mesmo com a idade avançada, se modernizou e mudou o jeito do time jogar depois que Cuca se transferiu ao futebol chinês.

Para o segundo turno, os jogos contra os oito primeiros colocados (Corinthians, Grêmio, Fluminense, Palmeiras, Sport, São Paulo e Atlético-PR) serão fundamentais para manter o Alvinegro de Minas no topo e brigando pela liderança até as rodadas finais. Caso aconteçam tropeços, o título pode ficar cada vez mais distante.

Crédito da foto: Getty Images



Jornalista desde 2012, com passagens pelos jornais ABCD Maior e Diário do Grande ABC, além do canal NET Cidade. Foi repórter colaborador e hoje é líder da comunidade de colaboradores juniores, plenos e seniores no site Torcedores.com.