Arsenal vence a primeira na Premier League

LONDON, ENGLAND - AUGUST 16: Alex Oxlade-Chamberlain of Arsenal looks on during the Barclays Premier League match between Crystal Palace and Arsenal on August 16, 2015 in London, United Kingdom. (Photo by Michael Regan/Getty Images)

Neste domingo o Arsenal respondeu a sua torcida da melhor maneira possível ao conquistar três pontos fora de casa, depois da surpreendente derrota contra o West Ham em pleno Emirates Stadium, em jogo valido pela 1º rodada da Barclays Premier League.

A equipe visitou o Crystal Palace no Selhurst Park e venceu por 2 a 1. O resultado da primeira rodada foi chocante e a má impressão logo caiu sobre a equipe, mas após uma boa partida fora de casa, a equipe parece ter voltado aos eixos.

Depois da desastrada estreia de Petr Cech, Arsène Wenger manteve a confiança no goleiro ex-Chelsea, sua principal contratação até aqui nesta temporada. Bellerín voltou ao lado direito da defesa e Alexis Sánchez foi titular mesmo não estando em plena forma. Oxlade-Chamberlain aniversariante da semana ficou apenas no banco de reservas.

As equipes foram a campo da seguinte maneira:

Arsenal: Cech, Bellerín, Mertesacker, Koscielny, Monreal, Coquelin, Cazorla, Ramsey, Özil, Sanchez, Giroud
Banco: Debuchy, Gibbs, Paulista, Arteta, Ospina, Walcott, Oxlade-Chamberlain

Crystal Palace: McCarthy, Ward, Dann, Delaney, Souare, Zaha, Puncheon, Cabaye, McArthur, Bolasie, Wickham
Banco: Mariappa, Bamford, Hennessey, Jedinak, Murray, Mutch, Lee.

No jogo o Arsenal veio disposto a apagar o que aconteceu na primeira partida, em um ritmo acelerado e com muita movimentação dos homens de frente. A primeira delas, surgiu num belíssimo contra-ataque. Após uma bola parada dos Eagles, Santi Cazorla puxa contra-ataque e coloca rapidamente a bola para Özil que lança Alexis Sanchez sozinho na ponta direita, mas ao finalizar, o goleiro do Palace faz boa defesa e no rebote o chileno chuta novamente e McArthur tira em cima da linha.

Aos 16’ Özil foi acionado na esquerda e cruzou a bola atrás de Giroud, que, se virou bem para dar uma espécie de voleio e anotar um golaço. Desde o início da partida os Gunners mostravam boa atitude. Durante o primeiro tempo, foi quase sempre que o Arsenal esteve no controle do jogo, criando várias ocasiões para ampliar o resultado, mas o Palace respondeu ainda na primeira parte do jogo, aos 28’, em uma das poucas tentativas de chute a gol dos Eagles, a bola sobra fora da área para Ward, que acerta um chute cruzado rasteiro no canto de Cech. Deixando tudo igual no Selhurst Park.
Na segunda etapa de jogo o Crystal Palace era quem mais assustava, com um ritmo intenso e disposto a buscar a vitória. Logo aos dois minutos, Wickham recebeu cruzamento de Zaha e bateu de primeira na trave de Petr Cech, o lance acabou inflamando ainda mais os torcedores dos Eagles nas arquibancadas. Mas os Gunners é quem foram felizes para retomar a liderança do placar, aos 55′, Bellerín cruza da direita para Alexis que cabeceia forte para o chão e por um desvio contra de Delaney a bola foi parar no fundo das redes.

Aos 42’ já no final da partida, veio a forte pressão do Palace, após cobrança de escanteio, Puncheon aproveitou desvio de Wickham na primeira trave e tocou de cabeça por cima do gol na pequena área. Um minuto depois, foi a vez de Peter Cech salvar o Arsenal em mais um escanteio, desta vez, numa cabeçada de Ward, que abaixo do gol mandou a bola por cima da meta do Checo.

Antes do apito soar, ainda deu tempo de o Arsenal criar sua última oportunidade para matar a partida. Özil recebeu na esquerda, ajeitou para trás e Santi Cazorla chegou batendo para grande defesa de McCarthy.

Com a vitória os Gunners conquistam seus primeiros pontos na competição, essenciais na busca pelo título, após um jogo duro e com o mesmo placar dos dois últimos confrontos entre as equipes na temporada passada. O placar ainda manteve o jejum do Crystal Palace, que não vence o Arsenal há 12 partidas, são nove derrotas e três empates.

Agora o Arsenal entrará em campo somente no clássico em 24 de agosto (segunda-feira), às 16h (de Brasília), diante do Liverpool no Emirates Stadium. O Crystal Palace por sua vez voltará a atuar no sábado em casa, onde recebe o Aston Villa, às 11h.



Sou um blogueiro/Colunista do PSArsenal fanático pelos Gunners (Arsenal FC). Apesar de novo e sem experiencias jornalisticas, busco o bom vocabulário para apresentar meus conhecimentos do mundo da bola.