Saiba quem são os brasileiros que podem brilhar no Campeonato Italiano

Getty Images

Os brasileiros têm presença garantida no Campeonato Italiano que começa nesse sábado (22). São 39 jogadores brasileiros em 17 dos 20 times que disputam o torneio, que tem a Juventus no topo nos últimos anos.

Frosinone, Genoa e Sassuolo são os únicos clubes que não contam com brasileiros na sua elenco, entretanto a Udinese é o clube que tem a maior participação de brasileiros, seis no total, acompanhada por Napoli, com cinco, e Inter de Milao, com quatro.

Porém, esse quadro pode sofrer alterações até o fim do mês, quando é finalizado o período de contratações na Itália.

Os brasileiros se tornaram protagonistas no Italiano por conta da participação intensa nos campeonatos disputados. Entre eles, há vários deles desconhecidos porque começaram a carreira fora do Brasil, enquanto outros começaram a carreira em seu país e mas vingaram apenas em clubes da Itália.

A lista de jogadores brasileiros que fazem carreira na Itália vai de jogadores conhecidos como Hernanes, aos não tão conhecidos como Rodrigo Ely. Veja abaixo a lista com o nome dos jogadores e os times que defendem na Itália:

ATALANTA

Ariel, atacante (ex-Chievo, volta a jogar a Série A após quatro temporadas em divisões menores)

BOLOGNA

Angelo, goleiro (ex-Sampdoria, desconhecido dos brasileiros)

Daniel Bessa, atacante (da base da Internazionale, jogou constantemente na última Série B pelo Bologna)

CARPI

Gabriel Silva, lateral (aquele, ex-Palmeiras e Udinese)

Wallace, lateral-direito (ex-Fluminense, pertence ao Chelsea)

Ryder Matos, atacante (breve passagem pelo Palmeiras no início do ano)

CHIEVO

Edimar, lateral-esquerdo (começou no Ipatinga, agora vem do Cordoba-ESP)

EMPOLI

Ronaldo, meia (jogou em times menores da Itália, primeira vez na Série A)

FIORENTINA

Gilberto, lateral-direito (ex-Botafogo e Inter, fará primeira temporada na Itália)

INTER DE MILÃO

Dodô, lateral-esquerdo (esperança há anos, por Corinthians, Roma e Inter, agora vai?)

Juan Jesus, zagueiro (presença constante entre os titulares no último Italiano)

Miranda, zagueiro (um dos principais reforços da Inter, chega para ser titular)

Hernanes, meia (após perder espaço, volta a ter moral e começa o ano titular)

JUVENTUS

Neto, goleiro (novidade, antes titular na Fiorentina, será agora reserva de Buffon)

Rubinho, goleiro (sempre terceiro reserva, vai de novo assistir aos jogos do banco)

Alex Sandro, lateral esquerdo (chega para ser titular)

LAZIO

Maurício, zagueiro (sempre uma opção para o técnico Pioli)

Felipe Anderson, meia (após grande temporada, cresce a expectativa em torno do seu nome)

MILAN

Alex, zagueiro (aquele, ex-Santos, vai brigar por posição)

Rodrigo Ely, zagueiro (nome da seleção olímpica, ainda deve jogar pouco no Italiano)

Luiz Adriano, atacante (reforço importante, esperança de gols ao lado de Bacca)

NAPOLI

Gabriel, goleiro (novidade, pertence ao Milan, mas terá vida dura na briga com Rafael e Andujar)

Rafael, goleiro (foi o titular na maior parte do tempo do último Italiano)

Henrique, zagueiro (ex-Palmeiras, sempre cotado para deixar o clube e jogar no Brasil)

Allan, volante (ex-Vasco e Udinese, chegou ao Napoli no último mercado)

Jorginho, volante (21 anos, já jogou pelas categorias de base da Azzurra e sonha com o time principal)

PALERMO

Matheus Cassini, atacante (aos 19, deixou o Corinthians após muita polêmica, chegou agora e já recebeu a camisa 9)

ROMA

Leandro Castán, zagueiro (após passar por delicada cirurgia no cérebro, retoma sua carreia com chances de titularidade)

Maicon, lateral-direito (aos 34 e lesionado em boa parte da última temporada, brigará por lugar no time)

SAMPDORIA

Fernando, volante (ex-Grêmio, Shakhtar e seleção brasileira, é um importante reforço da Samp)

Éder, atacante (naturalizado, foi convocado para a Itália após boas temporadas, mas uma grave lesão o tirou do último campeonato)

TORINO

Danilo, lateral-esquerdo (mais um dos brasileiros desconhecido por aqui, jogou no Cagliari)

Bruno Peres, lateral-direito (ex-Santos, fez boa última temporada pelo Toro e foi cotado para reforçar a Roma)

Amauri, atacante (naturalizado italiano, passou por Palermo, Juve e chegou a ser convocado pela Azzurra)

UDINESE

Danilo, zagueiro (ex-Palmeiras, há anos faz carreira sólida no time de Udine)

Neuton, lateral-esquerdo (saiu do Grêmio para a Itália e chegou a ser emprestado à Chapecoense)

Edenilson, volante (ex-Corinthians, às vezes joga também como lateral-direito)

Guilherme, volante (outro ex-corintiano, no último Italiano chegou e logo virou titular)

Lucas Evangelista, meia (ex-promessa do São Paulo, chegou como grande esperança)

Marquinho, meia (ex-Flu, jogou pela Roma sem brilho, agora recomeça na Itália após passagem pela Arábia)

Fonte: Transfer Marketing

Crédito da foto: Getty Images



Estudante de Jornalismo, apaixonada por futebol, são paulina e sou da ZL.