Com dois dos atletas mais bem pagos do mundo, a KIA deixou a Ásia para conquistar o mundo

Divulgação

A montadora KIA apostou não só em patrocínios de eventos esportivos como também no patrocínio a atletas para alavancar sua marca e torná-la mundialmente conhecida.

LEIA MAIS:
O abismo entre o tênis feminino e masculino: o machismo e a audiência

Não é por acaso que a KIA Motors tem sido uma das montadoras que mais crescem no mundo dos anos 2000 para cá. Com sede em Seul, na Coreia do Sul, a KIA apostou em rostos conhecidos mundialmente por seus grandes feitos no esporte. Sob o slogan “o poder de surpreender”, a marca atraiu olhares curiosos também do fã do esporte.

Fundada em 1944, a junção das sílabas “KI” + “A” tem como significado “sair ou acordar para o mundo” e “Ásia”, respectivamente. Nada melhor do que “sair para o mundo” através do esporte, ao menos por meio daqueles que o representam tão bem.

Além de ser patrocinadora master de grandes eventos esportivos, como, por exemplo, o Australian Open, primeiro Grand Slam de tênis da temporada, a KIA investiu também em grandes atletas. Um de seus principais patrocinados é Rafael Nadal, um dos melhores tenistas da última década. Nadal não é só mais um rosto da marca, mas é o embaixador global da KIA.

Divulgação
Divulgação

O patrocínio já rendeu ao espanhol situações desconfortáveis, que ele procurou reverter da maneira mais conveniente possível. Quando venceu o torneio de Stuttgart em junho desse ano, Nadal foi presenteado com um carro da Mercedes-Benz e foi diplomático ao comentar o prêmio: “Não é um KIA, mas ainda assim é bom”.

Como menciona em um de seus comerciais, Nadal é uma grande “arma” da montadora. Talvez, a melhor delas.

Ao lado de Rafael Nadal, como embaixador global, está outra figura emblemática do esporte. O jogador de basquete LeBron James. A montadora é há nove anos o veículo automotivo principal da NBA, e uniu o útil ao agradável em um contrato multimilionário com o astro.

O curioso é que o contrato só foi realmente fechado após propaganda “gratuita” de James nas redes sociais. De acordo com o vice-presidente de marketing da KIA Motors America, Tim Chaney, a empresa não estava procurando um novo atleta para patrocinar, mas a propaganda espontânea do jogador de basquete acerca de um de seus carros chamou atenção.

Divulgação
Divulgação

Se a KIA queria conquistar o mundo, o patrocínio a dois dos atletas mais bem pagos do planeta foi um belo passo. Números de 2014 colocam LeBron James como o terceiro atleta mais bem pago do mundo, enquanto Rafael Nadal é o nono.

Blake Griffin (basquete) e Michelle Wie (golfe) são outros grandes nomes patrocinados pela marca.



Jornalista | Escritora Há 10 anos dedicando-se ao meio esportivo, com enfoque em mídias sociais e produções audiovisuais. Autora do site Guia dos Esportes - Conhecendo o mundo através do esporte, especialista de conteúdo da Seconds Entretenimento Esportivo, colunista dos sites Autoracing (F1), repórter e colunista do Portal Rackets (tênis).