Corintianos veem placar injusto e prometem time agressivo na Arena

O meio-campista corintiano Renato Augusto não escondeu a insatisfação pessoal com a derrota por 2 a 0 no clássico contra o Santos, nesta quarta-feira, pelo jogo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil, que culminou com o fim da série invicta de 12 jogos da equipe.

O camisa 8 alegou que o placar foi injusto, justificando que o segundo gol do Santos, marcado por Marquinhos Gabriel, foi gerado a partir de um chutão da defesa e prometeu, em discurso alinhado com o zagueiro Felipe, nova postura para reverter o resultado na próxima quarta-feira.

“Merecíamos o empate, pois no chutão eles conseguiram uma tabela e marcaram o segundo gol. Estivemos melhores, mas não concluímos. Então, pelo segundo tempo, o placar foi injusto”, disse o jogador.

O gol referido saiu após a defesa santista rifar a bola. Marquinhos Gabriel, que tinha acabado de substituir Geuvânio, tabelou com Lucas Lima, e sem marcação selou a vitória santista.

Renato Augusto protagonizou as poucas jogadas ofensivas do Corinthians que terminaram em conclusões durante a partida.

“A gente já sofreu uma virada dessa, na nossa Arena somos bem fortes e vamos estar preparados”, argumentou o meia.

“Em casa vamos no impor, é diferente, seremos mais agressivos”, completou o zagueiro Felipe.

Com a vitória, o Santos pode perder por até 1 a 0 para se classificar na próximo dia 26. Se marcar gols, a vantagem amplia, podendo perder até dois gols de diferença.

Crédito da foto:



Redação do Torcedores.com