Desapontado, Nasr diz que vaga no Q2 “era possível” em Spa

A expectativa de Felipe Nasr era das mais altas, mas o piloto da Sauber acabou eliminado ainda na primeira fase da tomada de tempos deste sábado (22), que definiu o grid de largada para o Grande Prêmio da Bélgica de Fórmula 1, no circuito de Spa-Francorchamps. O brasileiro fez o 16º melhor tempo do Q1 e só conseguiu subir um posto por conta da punição sofrida por Max Verstappen, que perdeu dez posições no grid.

LEIA MAIS:
Na Bélgica, Hamilton garante sua décima pole position no ano

“Foi uma qualificação desapontadora para mim. Estou surpreso em não ter sido capaz de colocar o carro no Q2, que era nossa possibilidade hoje. Senti o carro bom na primeira volta no qualifying, mas na segunda eu não tinha aderência. Precisamos analisar e entender o que aconteceu”, comentou Nasr após a sessão classificatória.

Apesar do mau desempenho no qualifying, o dono do carro número 12 acredita que, por conta de a corrida ser no circuito de Spa, será possível ganhar posições ao longo do Grande Prêmio. “Nós estamos em Spa, então alguma coisa pode acontecer amanhã, assim como esta pista, que também oferece bons pontos de ultrapassagem. Estou confiante que eu poderei ganhar algumas posições amanhã”, completa o representante da Sauber.

Nasr e os outros 19 pilotos voltarão ao traçado belga neste domingo, quando será disputado o Grande Prêmio da Bélgica de Fórmula 1. A largada está marcada para 9h, pelo horário de Brasília, com transmissão ao vivo da TV Globo para todo o País.

Foto: divulgação/Sauber



Jornalista com passagens pelas revistas Racing e House Mag.