Especial: relembre tenistas brasileiros que não deslancharam

Marcelo Ruschel/POA Press/Divulgação

A cada tenista brasileiro que surge, vem junto a expectativa do surgimento de um novo Gustavo Kuerten. Thomaz Bellucci e João Souza, o Feijão, são dois atletas do circuito profissional que sofrem na pele com a pressão da torcida e da imprensa. Ou seja: a vida dos tenistas brasileiros não é nada fácil.

Contudo, eles podem se considerar vitoriosos pelo simples fato de terem conseguido se tornar profissionais. Muitos jogadores talentosos no país sequer conseguiram viver exclusivamente do tênis, mesmo tendo bons resultados nas categorias de base.

Neste especial, o Torcedores.com relembra atletas brasileiros de relevância nas categorias de base, mas que não conseguiram se profissionalizar. Confira e conheça os tenistas candidatos a Guga que não vingaram:

Mesmo com o tênis no sangue, Ricardo Hocevar não alcançou o sucesso no tênis profissional
Ricardo Mello foi outro brasileiro que não deslanchou no tênis
Tiago Fernandes: de “novo Guga” à aposentadoria precoce
Franco Ferreiro: gaúcho “aposentou” Guga no Brasil e virou DJ
Bruno Rosa: conterrâneo de Guga no talento que largou o tênis para estudar
Fernando Romboli: jovem santista sofre no profissional, mas continua na luta

 

Crédito da foto: Marcelo Ruschel/POA Press/Divulgação



Jornalista, editor do Torcedores.com. Passagens pelos jornais Metro, O Estado de S. Paulo, Jornal da Tarde, Marca Brasil, Agora São Paulo, Diário de S. Paulo e Diário do Grande ABC.