ESPN vence ação contra o Esporte Interativo; entenda

ESPN
Crédito da foto: Divulgação/ESPN

A briga entre ESPN e Esporte Interativo não se limita a luta pela audiência e compra de direitos de transmissão de eventos esportivos.

LEIA MAIS:
Apresentador da ESPN dá declaração polêmica sobre bandeirinha mulher
Trajano detona Pelé como comentarista: “O que falou de besteira”

Segundo o colunista Lauro Jardim, da Revista Veja, a ESPN denunciou a concorrente no Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária (CONAR) por um folheto em que o Esporte Interativo diz ter os direitos exclusivos da UEFA Champions League, UEFA Europa League, NFL e Copa do Nordeste, entre outros.

O canal efetivamente tem as competições em sua programação, mas a ESPN reclamou da impressão de que todas são exclusivas do Esporte Interativo em todas as plataformas – TV aberta e TV fechada.

Os conselheiros do CONAR foram unânimes ao dar razão à ESPN e o Esporte Interativo – que agora tem o grupo Turner como proprietário – terá que fazer alterações neste folheto. Cabe recurso à decisão.

Crédito da foto: Divulgação/ESPN



Rafael Alaby é jornalista diplomado pela FIAM (Faculdades Integradas Alcântara Machado), com passagens pela Chefia de Reportagem de Esportes, da TV Bandeirantes, em São Paulo e site KiGOL. Pós-graduado em Jornalismo Esportivo e Negócios do Esporte (FMU)