Federação Paulista quer rebaixar 6 equipes no Paulistão de 2017

O Paulistão pode sofrer uma mudança drástica no próximo ano, isso porque a Federação Paulista de Futebol pretende rebaixar 6 e não mais quatro times para a temporada de 2017. A decisão será colocada em pauta em outubro deste ano. A séria A-2 também sofreria uma mudança, subiriam dois times, e não quatro como habitualmente.

De acordo com informações do jornal Diário, o enxugamento do Paulistão tem a ver com a TV Globo, que acabou de renovar o contrato de exibição do torneio. A emissora pede um campeonato mais curto. Ao aceitar a exigência da TV, a FPF garantiu um belo aumento na cota, que era de R$ 100 milhões por ano e passará a R$ 160 milhões a partir de 2016.

O argumento de convencimento para os clubes será que a mudança estruturá a série A-2. Tendo isso em vista a FPF aumentará de R$ 180 mil para R$ 600 mil a cota pela participação. Os times da elite também terão direito ao reajuste, não se espantem: de R$ 2,7 milhões para R$ 3,3 milhões. Nem sequer os clubes da Série B do Brasileiro ganham tanto.

Além disso, o objetivo seria de trazer mais visibilidade ao campeonato que é considerado por muitos hoje somente uma pré-temporada midiática? Um campeonato com 16 equipes o tornaria mais competitivo. . De acordo com levantamento da empresa de consultoria Pluri, os Campeonato Estaduais perderam consideravelmente valor de mercado nos últimos dois anos. A pesquisa divulgava em janeiro pelo goal.com aponta que São Paulo segue como o estadual mais forte do país. A soma dos 20 elencos participantes do Paulistão 2015 é de  € 311 milhões (aproximadamente R$ 955 milhões).

Imagem: Divulgação



Formada em jornalismo pelo Mackenzie, demorei anos para perceber que dá, sim, para ir atrás dos sonhos e trabalhar com o que se gosta: o esporte. Hoje me divido entre o esporte e a política. Nunca vou me conformar com os que dizem: "É só futebol.."