FUTEBOL DE BASE: Categorias do Comercial vivem momentos distintos no Estadual

As Joias do Leão do Norte entraram em campo neste sábado (22), em busca da vitória para continuarem vivos e brigarem por classificação à próxima fase.

 

Sub-15 se recupera e briga por classificação

Com situação um pouco melhor das outras categorias, o sub-15 encarou a Ferroviária e conquistou o objetivo deste final de semana. Com gols de Anthony, Daniel e João, o Alvinegro da Joia superou o forte sistema de jogo imposto pela equipe Grená de Araraquara e somou três pontos importantíssimos na competição.

Com o triunfo, o sub-15 chegou à terceira colocação e agora soma cinco pontos. Corinthians, em primeiro, e Penapolense, na vice-liderança, empataram em foram à seis pontos.

 

Sub-17 perde e se complica na competição

Já, a categoria treinador por Glauco, praticamente, deu adeus a classificação. A equipe não conquistou os três e continua em situação complicada no Grupo 15. Jogando no Estádio Palma Travassos, o Leão do Norte perdeu para a Internacional de Limeira por 2 a 1, e viu as chances de classificação ir embora.

Em último lugar do grupo, o Alvinegro da Joia ainda não somou nenhum ponto até o momento. Podendo chegar a nove pontos, o Comercial necessita “secar” Corinthians, Osvaldo Cruz, além de Inter de Limeira. Mesmo fazendo o papel de casa vencendo as próximas três partidas, o Leão do Norte não consegue avançar à próxima fase, já que a líder Inter de Limeira está a sete pontos de distância.

 

Sub-20 não alcança objetivo e pode ficar de fora da próxima fase

Se a situação do sub-17 não é das melhores, quem diga o sub-20. Jogando no Estádio Palma Travassos, o Leão foi surpreendido pelo Sertãozinho e perdeu por 4 a 1. A equipe sertanezina aproveitou as oportunidades que teve e se manteve em ótima fase. Já, o Comercial não tem mais chances matemáticas para avançar de fase.

O Alvinegro da Joia segue com sequências negativas e deve cumprir tabela nas rodadas restantes. Em sétimo lugar, com 10 pontos, o Comercial está a 11 do quarto colocado, Penapolense.

 

Foto: Regis Decaris



Ribeirão-pretano com orgulho e apaixonado por todas as modalidades esportivas. Jornalismo esportivo é uma das paixões que carrego em meu peito. Sonhar é o que mantém o Homem vivo. "O Homem não morre quando deixa de existir, e sim quando deixa de sonhar".