Hamilton vence de ponta a ponta o GP da Bélgica de F1

Lewis Hamilton venceu na manhã deste domingo o Grande Prêmio da Bélgica, 11ª etapa do Campeonato Mundial de Fórmula 1, disputado no circuito de Spa-Francorchamps. Esta foi a 39ª vitória do inglês na carreira, a sexta na temporada e a segunda no circuito mais longo de todo o calendário da categoria.

LEIA MAIS:
Nascar: Logano bate Harvick e vence em Bristol

A segunda colocação ficou com Nico Rosberg, companheiro de Hamilton na equipe Mercedes, enquanto Romain Grosjean conquistou seu primeiro pódio na temporada com o carro da Lotus. O russo Daniil Kvyat completou a corrida na quarta colocação, seguido por Sérgio Pérez, da Force India.

O brasileiro Felipe Massa levou a Williams ao sexto posto ao final da corrida, chegando a frente do finlandês Kimi Räikkönen. Max Verstappen, da Toro Rosso, ficou com a oitava colocação, seguido pelo finlandês Valtteri Bottas, também da Williams. A zona de pontuação foi completada pelo sueco Marcus Ericsson, da Sauber, enquanto Felipe Nasr, seu companheiro de equipe, ficou com a 11ª posição.

Com os resultados da corrida deste domingo, Lewis Hamilton segue na liderança do Campeonato Mundial, agora com 227 pontos, contra 199 de Nico Rosberg. Sebastian Vettel segue com 160 pontos na terceira colocação. Kimi Räikkönen e Felipe Massa dividem a quarta colocação, com 82 pontos cada, enquanto Valtteri Bottas é o sexto, com 79. Ainda com 16 pontos, Felipe Nasr caiu para a 13ª colocação.

A próxima etapa da Fórmula 1 acontece em duas semanas, com a realização do Grande Prêmio da Itália, que será disputado no tradicional circuito de Monza.

A corrida

A primeira tentativa de largada foi abortada por conta de um problema com o carro de Nico Hülkenberg. Quando a corrida começou, Hamilton manteve a liderança na largada e viu Rosberg largar mal, sendo superado por Pérez, Daniel Ricciardo e Bottas. Felipe Massa caiu para o nono lugar, enquanto Nasr perdeu um posto e ficou com a 16ª colocação.

Na segunda volta, Vettel mostrou que a Ferrari poderia se recuperar e superou Bottas, que fora ultrapassado por Rosberg pouco antes. Pastor Maldonado foi outro a abandonar a corrida, ficando lento na pista. A rodada de paradas nos boxes começou na oitava volta, com Ricciardo indo aos boxes, com Pérez fazendo sua parada na sequência, cedendo a terceira posição para Rosberg.

O alemão da Mercedes visitou os boxes na 13ª volta, uma antes em relação ao seu companheiro de equipe, reduzindo a vantagem de Hamilton para quatro segundos. Bottas acabou punido com um drive-through por conta de uma falha da Williams, que colocou três pneus macios e um médio em seu carro.

Vettel visitou os boxes pela primeira – e única vez na corrdia – na 15ª passagem, colocando pneus médios. Quem começou a andar forte foi Grosjean, que com um ritmo mais forte em relação aos concorrentes, exceto as Mercedes, assumiu a terceira colocação na 20ª volta, ao superar Pérez.

O Safety Car virtual precisou ser acionado na 21ª volta, quando Ricciardo ficou parado na pista, com um problema em sua Red Bull. Pérez, Massa, Räikkönen, Verstappen e Bottas aproveitaram para fazer mais uma parada. Grosjean também foi aos boxes, mais uma volta depois.

A prova foi retomada na 22ª volta, com Hamilton e Rosberg comandando a corrida. O alemão tentava reduzir a vantagem do inglês, que passou a abrir vantagem. A vitória do atual campeão mundial foi garantida no 31º giro, quando fez seu pit-stop antes de seu companheiro de equipe.

Com as duas primeiras posições definidas, a principal disputa da prova foi pela terceira posição. Grosjean descontou a vantagem para Vettel e passou a pressioná-lo. O alemão deu a impressão de que completaria a corrida em terceiro com apenas uma parada, mas o pneu traseiro direito do carro do alemão não resistiu e explodiu, limando o tetracampeão do mundo da disputa.

Houve tempo ainda para Massa tentar um último ataque sobre Pérez, sem sucesso. Max Verstappen chegou a superar Räikkonen, mas passou direto na curva seguinte, perdendo a posição.

Foto: divulgação/Mercedes



Jornalista com passagens pelas revistas Racing e House Mag.