Holly Holm se pronuncia sobre luta com a Ronda pelo UFC 195

Foto: Getty Images

A lutadora Holly Holm concedeu entrevista para o jornal “Los Angeles Times” e comentou sobre a luta com a Ronda Rousey que será dia 2 de janeiro pelo UFC 195. A própria lutadora se diz surpresa e esperava que demoraria ainda mais sua terceira luta no Ultimate.

LEIA MAIS:
Dana surpreende e anuncia Ronda x Holm pelo UFC 195

“Foi com certeza um choque, uma surpresa. Não era algo que eu esperava que acontecesse agora. Mas eu imediatamente me arrepiei e pensei, “Tudo bem, isso é empolgante, vamos fazer isso, vamos viver a vida, vamos decidir isso agora mesmo”. Com certeza veio mais cedo do que eu esperava, mas eu gosto de simplesmente deixar a vida me levar. Lutar não é uma carreira confortável. É recheada de ansiedade e emoção. É desgastante fisicamente, mentalmente, emocionalmente. Eu gosto de enfrentar os desafios quando eles aparecem” disse a lutadora.

No MMA, Holm não perdeu até o momento com nove lutas e sendo seis delas por nocaute e sendo campeã no boxe em três categorias com pesos diferentes. A lutadora garante que não se assusta, com a repercussão negativa da mídia.

“Há muita mídia negativa agora, de que “Oh, ela vai esmagar a Holly, a Holly não está pronta”. Já lidei com isso antes. As chances eram de 4-1 que eu seria nocauteada por Christy Martin, e foi uma das lutas mais fáceis da minha carreira. Não estou dizendo que a luta será assim, mas eu aprendi a deixar a negatividade para trás e acreditar em mim mesma. Nas vezes que fui jogada lá dentro, pensando, “Já?”, deu certo… Eu entendo que isso é bem maior”, completou.

Foto: Getty Images



Radialista, Jornalista com passagens como correspondente pelo site italiano CalcioNews24.com e pelo Arena Rubro-Negra. Atualmente setorista do Fluminense e Futebol Sul-Americano no Torcedores.com