Internacional possui “arma secreta” para vencer o Atlético-PR

Alexandre Lops / Internacional

Com 25 pontos na 11ª colocação do Brasileirão, o Internacional precisa vencer o Furacão, na tarde desde domingo, no Beira-Rio, para ainda poder sonhar com Libertadores. Para conseguir o triunfo, o técnico Argel Fucks poderá contar com um jogador de seu elenco que possui boas lembras do Atlético-PR.

LEIA MAIS
Argel comemora triunfo do Inter: “fomos uma equipe envolvente”
Praga colorada? Aranguiz se machuca na Alemanha e só volta em 2016

Titular nos últimos três jogos pelo Internacional, com duas vitórias (Fluminense e Ituano) e um empate (Cruzeiro), o volante Nilton é o que os colorados podem chamar de “arma secreta”. O jogador possui boas lembranças do adversário deste domingo por já ter marcado duas vezes contra o Furacão, em 2013 e 2014, enquanto ainda jogava pelo Cruzeiro.

“Com certeza são boas lembranças e que me motivam muito para este jogo de domingo. Venho de uma sequência boa, com a confiança dos companheiros e do Argel. Isso me deixa muito empolgado. Quem sabe não seja um boa lembrança também para o presente e saia meu primeiro gol aqui em Porto Alegre”, disse Nilton.

Enquanto jogava pelo clube mineiro, Nilton se destacou por ser um volante que marcava muitos gols, principalmente de cabeça: ao todo foram 11 bolas na rede em duas temporadas pela raposa. Pelo Internacional, o jogador ainda não marcou, porém espera acabar logo com esse jejum.

“Trabalho muito para marcar gols também, mesmo sabendo que minha primeira e principal função é proteger a defesa ali atrás e dar saída para os meias na frente. O mais importante é conseguirmos mais essa vitória para manter a boa sequência. Se for com gol, melhor ainda”, finalizou o camisa 19.

Até o momento, Nilton já entrou em campo pelo Internacional em 27 oportunidades, 24 delas como titular. Pelo Brasileirão já são 11 jogos com a camisa colorada, porém sem ter enfrentado o Atlético-PR no primeiro turno. O volante terá a oportunidade de jogar contra os paranaenses pela primeira vez neste domingo, 16h, no Beira-Rio.

Foto: Alexandre Lops / Internacional